NOVIDADES

18/06/12

FLIV faz compensação ambiental com plantio de 85 mudas nativas

Oitenta e cinco mudas de árvores nativas como paineira, ipê amarelo, ipê roxo, embaúba, dedaleiro, cedro rosa, jacarandá, guatambu, entre outras foram plantadas na manhã de hoje (15/06), às margens da represa da Saev, próximo ao bairro Jardim Universitário.

O plantio foi realizado por alunos do tempo integral do CEM “Profª Irma Pansani Marin” e contou com o apoio do Atol Cultural e Ecologic Projetos Consultoria Ambiental. As mudas foram doadas pela Ecologic Florestas.

No total foram plantadas 95 mudas, sendo 85 na manhã de hoje e outras dez no final do mês de maio, quando os alunos do CEM “Prof. Valdir Gonçalves de Lima" realizam o plantio nas calçadas em torno da unidade escolar. O plantio faz parte da conclusão do projeto “Evento Limpo”, realizado durante a segunda edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga, que propõe a compensação ambiental de resíduos gerados durante os seis dias do evento.

De acordo com informações de Ricardo Zacareli Filho, da Ecologic Ambiental, no desenvolvimento das atividades do FLIV, houve consumo significativo de papel que, embora oriundo de fontes renováveis, ainda assim, denotou um impacto no meio ambiente, além do lixo gerado durante os seis dias do evento. “No intuito de promover a ‘compensação ambiental’ deste impacto, realizamos o plantio destas mudas de espécie arbóreas regionais nativas, em número aproximado ao de árvores necessárias para se compensar os danos que possam ter sido causados o evento”, informou Zacarelli Filho.

O projeto “Evento Limpo” foi realizado pelo Atol Cultural e Ecologic Projetos Consultoria Ambiental durante a segunda edição do FLIV e contou com o apoio da Saev Ambiental.

08/05/12

Mais de 41 mil livros são comercializados

No total foram realizadas 43 atividades culturais, com destaque para apresentações de dança, música, teatro e literatura e um público total de cerca de 30 mil pessoas.



Durante os seis dias do Festival Literário de Votuporanga (FLIV 2012) foram comercializados 41,5 mil livrosdos mais variados gêneros, como: romances, contos e poesia, nos cinco espaços destinados a comercialização, sendo duas livrarias (Livraria Premier e Espaço), Caravana da Leitura, com o escritor Laé de Souza; BookaféLivraria e Café e a Sebo, segundo balanço da coordenação do Festival.



No total foram realizadas 43 atividades culturais, com destaque para apresentações de dança, música, teatro e literatura e um público total de cerca de 30 mil pessoas, deste número, 10 mil são de crianças, sendo4 mil da Rede Municipal de Ensino de Votuporanga. “Tivemos estudantes de praticamente todas as escolas de Votuporanga, municipal, estadual e particular, além de visitas de estudantes das cidades da região, como: Cosmorama, Ponta Linda, Floreal, Nhandeara, Álvares Florence, Américo de Campos, Arabá, entre outras”, destacou a secretária da Educação, Cultura e Turismo de Votuporanga, Eliane Baltazar Godoi.



Este ano, além das livrarias, o FLIV contou com os seguintes espaços: da TV TEM (afiliada Rede Globo), com o pessoal do Sítio do Picapau Amarelo;Loja do FLIV e do Artesanato local, Espaço de Dança, Atol Cultural,Senac e Letradinhos com contação de histórias. O festival ofereceu ainda sarau literário, oficinas de dança, modelagem, escultura com papel, oficina de origami, pipa e tai chi chuan.



O Festival teve como parceiros: a Secretaria de Estado da Cultural, Governo do Estado de São Paulo, Abaçai Organização Social de Cultura, Fundação Itaú Social, Clube de Autores, Unifev, Marão Máquinas Agrícolas, Posto Gramadão, Transrápido São Francisco e Fiat Camilla.



Para 2013, a Secretaria da Educação, Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga programa a terceira edição do FLIV para o mesmo período, ou seja, a semana do dia 1º de maio.



Festa do Trabalhador e Fórum Internacional de Dança

A segunda edição do FLIV aconteceu de 1º a 6de maio, na Praça Santa Luzia e teve como patrono o escritor Ignácio de Loyola Brandão. A abertura aconteceu no dia 1º com a Festa do Trabalhador e show dos cantores Jair Rodrigues e Luciana Melo e sorteio de três motos zero quilômetro.



Durante os seis dias de Festival também aconteceram apresentações do Fórum Internacional de Dança, coma participação de grupos dos Estados Unidos, Israel, Togo, Bolívia, França, Argentina e Brasil (Potirendaba). Todas as atrações aconteceram no FLIV, na Praça Santa Luzia.

08/05/12

Mais de 41 mil livros são comercializados

No total foram realizadas 43 atividades culturais, com destaque para apresentações de dança, música, teatro e literatura e um público total de cerca de 30 mil pessoas.



Durante os seis dias do Festival Literário de Votuporanga (FLIV 2012) foram comercializados 41,5 mil livrosdos mais variados gêneros, como: romances, contos e poesia, nos cinco espaços destinados a comercialização, sendo duas livrarias (Livraria Premier e Espaço), Caravana da Leitura, com o escritor Laé de Souza; BookaféLivraria e Café e a Sebo, segundo balanço da coordenação do Festival.



No total foram realizadas 43 atividades culturais, com destaque para apresentações de dança, música, teatro e literatura e um público total de cerca de 30 mil pessoas, deste número, 10 mil são de crianças, sendo4 mil da Rede Municipal de Ensino de Votuporanga. “Tivemos estudantes de praticamente todas as escolas de Votuporanga, municipal, estadual e particular, além de visitas de estudantes das cidades da região, como: Cosmorama, Ponta Linda, Floreal, Nhandeara, Álvares Florence, Américo de Campos, Arabá, entre outras”, destacou a secretária da Educação, Cultura e Turismo de Votuporanga, Eliane Baltazar Godoi.



Este ano, além das livrarias, o FLIV contou com os seguintes espaços: da TV TEM (afiliada Rede Globo), com o pessoal do Sítio do Picapau Amarelo;Loja do FLIV e do Artesanato local, Espaço de Dança, Atol Cultural,Senac e Letradinhos com contação de histórias. O festival ofereceu ainda sarau literário, oficinas de dança, modelagem, escultura com papel, oficina de origami, pipa e tai chi chuan.



O Festival teve como parceiros: a Secretaria de Estado da Cultural, Governo do Estado de São Paulo, Abaçai Organização Social de Cultura, Fundação Itaú Social, Clube de Autores, Unifev, Marão Máquinas Agrícolas, Posto Gramadão, Transrápido São Francisco e Fiat Camilla.



Para 2013, a Secretaria da Educação, Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga programa a terceira edição do FLIV para o mesmo período, ou seja, a semana do dia 1º de maio.



Festa do Trabalhador e Fórum Internacional de Dança

A segunda edição do FLIV aconteceu de 1º a 6de maio, na Praça Santa Luzia e teve como patrono o escritor Ignácio de Loyola Brandão. A abertura aconteceu no dia 1º com a Festa do Trabalhador e show dos cantores Jair Rodrigues e Luciana Melo e sorteio de três motos zero quilômetro.



Durante os seis dias de Festival também aconteceram apresentações do Fórum Internacional de Dança, coma participação de grupos dos Estados Unidos, Israel, Togo, Bolívia, França, Argentina e Brasil (Potirendaba). Todas as atrações aconteceram no FLIV, na Praça Santa Luzia.

05/05/12

Festival Literário de Votuporanga recebe amanhã William Nacked

Evento já teve a visita de mais de 30 mil pessoas,superando as expectativas da Organização

A segunda edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV), que já teve a visita de mais de 30 mil pessoas, irá receber amanhã (dia 06 de maio, último dia do evento), às 16h, no Espaço Prosa – Salão de Eventos, o diretor geral do Instituto Brasil Leitor, William Nacked.

Nacked irá debater “Brasil, uma nação leitora?” e abordará temas como preservação da cultura nacional e oportunidades e ameaças para tornar o Brasil uma Nação Leitora.

A palestra abordará ainda as diferenças regionais e setoriais quanto aos estágios de cada um nos dias de hoje.
Nacked criou, através do Instituto Brasil Leitor, o projeto “Embarque na Leitura”, colocando bibliotecas com acesso gratuito para usuários do metrô de São Paulo, Rio de Janeiro e Recife. O Instituto Brasil Leitor também montou bibliotecas para funcionários da Usiminas Cosipa e Rio Negro.

Amanhã, domingo, o FLIV abre às 10h e encerra às 18h.

05/05/12

Festival Literário de Votuporanga recebe hoje o escritor João Paulo Cuenca

Evento já teve a visita de mais de 20 mil pessoas

A segunda edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV), que já teve a visita de mais de 20 mil pessoas e vai até domingo (dia 06 de maio), irá receber hoje (dia 05 de maio), às 19h00, no Espaço Prosa – Salão de Eventos, o escritor João Paulo Cuenca para uma roda de conversa com o público, com o tema
“A literatura na aldeia global”.

Colunista do jornal O Globo e da revista TPM, o escritor lançou “O dia Mastroiani” e foi um dos criadores do seriado global “Afinal, o que querem as mulheres”.

Show – Os visitantes do FLIV irão conferir também, às 21h, um show com a Banda Baratazul. Com influências musicais de The Beatles a Zé Ramalho, o grupo traz letras complexas e é formado por Leka Silva, Adriano Amendola, César Amendola e Kairo Bittencourt.

Dança – Já no Fórum Internacional de Dança, o público irá conferir, às 15h, a apresentação “Vende-se um par de asas ou troca-se por um par de pés no chão”, da KD Cia de Dança.

05/05/12

Festival Literário de Votuporanga recebe amanhã William Nacked

Evento já teve a visita de mais de 30 mil pessoas,superando as expectativas da Organização

A segunda edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV), que já teve a visita de mais de 30 mil pessoas, irá receber amanhã (dia 06 de maio, último dia do evento), às 16h, no Espaço Prosa – Salão de Eventos, o diretor geral do Instituto Brasil Leitor, William Nacked.

Nacked irá debater “Brasil, uma nação leitora?” e abordará temas como preservação da cultura nacional e oportunidades e ameaças para tornar o Brasil uma Nação Leitora.

A palestra abordará ainda as diferenças regionais e setoriais quanto aos estágios de cada um nos dias de hoje.
Nacked criou, através do Instituto Brasil Leitor, o projeto “Embarque na Leitura”, colocando bibliotecas com acesso gratuito para usuários do metrô de São Paulo, Rio de Janeiro e Recife. O Instituto Brasil Leitor também montou bibliotecas para funcionários da Usiminas Cosipa e Rio Negro.

Amanhã, domingo, o FLIV abre às 10h e encerra às 18h.

05/05/12

Festival Literário de Votuporanga recebe hoje o escritor João Paulo Cuenca

Evento já teve a visita de mais de 20 mil pessoas

A segunda edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV), que já teve a visita de mais de 20 mil pessoas e vai até domingo (dia 06 de maio), irá receber hoje (dia 05 de maio), às 19h00, no Espaço Prosa – Salão de Eventos, o escritor João Paulo Cuenca para uma roda de conversa com o público, com o tema
“A literatura na aldeia global”.

Colunista do jornal O Globo e da revista TPM, o escritor lançou “O dia Mastroiani” e foi um dos criadores do seriado global “Afinal, o que querem as mulheres”.

Show – Os visitantes do FLIV irão conferir também, às 21h, um show com a Banda Baratazul. Com influências musicais de The Beatles a Zé Ramalho, o grupo traz letras complexas e é formado por Leka Silva, Adriano Amendola, César Amendola e Kairo Bittencourt.

Dança – Já no Fórum Internacional de Dança, o público irá conferir, às 15h, a apresentação “Vende-se um par de asas ou troca-se por um par de pés no chão”, da KD Cia de Dança.

04/05/12

Grupo B_eco debate amanhã “Descaminhos da Literatura”

Votuporanguense Angela Senra é uma das integrantes do Grupo


A segunda edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV) terá amanhã (dia 05 de maio), às 10h, no Espaço Prosa – Salão de Eventos, uma conversa com o grupo de escritores B_eco, que irá debater “Descaminhos da Leitura”.


O grupo irá falar sobre seus caminhos literários, a troca de experiências e as várias formas que encontraram de vivenciar a escrita. Em 2011, o grupo publicou a coletânea de contos “A Medida de Todas as Coisas” (Editora RDG).
O grupo tem, entre seus integrantes, a votuporanguense Angela Senra, jornalista, editora-chefe do site cultural Garapa Paulista (www.garapapaulista.com.br) e colaboradora do UOL e de revistas da Editora Abril e Editora Globo.

“Somos um grupo de escritores que vive a ousadia do encontro semanal. Conversamos sobre vários aspectos de nossa literatura e também sobre nossos textos produzidos. Além disso, em nossas reuniões, recebemos a presença de grandes escritores, que proporcionam um ótimo bate-papo”, destaca Angela.

04/05/12

Turma do Sítio do Picapau Amarelo faz a alegria das crianças

Emília, Narizinho, Pedrinho e Jeca Tatú. Isto mesmo, os personagens do Sítio do Picapau Amarelo também estão presentes na segunda edição do FLIV (Festival Literário de Votuporanga). Eles fazem a alegria de crianças e adultos que passam pela Praça Santa Luzia durante a programação cultural do Festival.

A turminha do Sítio esta em Votuporanga desde a última quarta-feira (2/5), quando aterrisaram no Espaço da TV Tem montado dentro do Festival Literário de Votuporanga. Os personagens do Sítio do Picapau Amarelo ficarão na cidade até amanhã, sábado (5/5), penúltimo dia de Festival, das 9 às 17 horas. Hoje, sexta-feira, a turminha fica até às 18 horas.

Sítio do Picapau Amarelo

O Sítio do Picapau Amarelo é uma criação do escritor brasileiro, Monteiro Lobato. A obra é das mais originais da literatura infanto-juvenil no Brasil e o primeiro livro da série foi publicado em 1920. A partir daí, Monteiro Lobato continuou escrevendo livros infantis de sucesso, com seu grupo de personagens que vivem histórias mágicas: Emília, Narizinho, Pedrinho, Marquês de Rabicó, Conselheiro, Quindim, Visconde de Sabugosa, Dona Benta, Tia Nastácia, Tio Barnabé, Jeca Tatú, Cuca, Saci, entre outros.

Serviços

Turma do Sítio do Picapau Amarelo
Local:- Espaço TV Tem – FLIV / Praça Santa Luzia – Votuporanga/SP
Hora:- sexta-feira (4/5), das 8 às 18 horas e sábado (5/5), das 9 às 17 horas

04/05/12

FLIV agitará final de semana na Praça Santa Luzia

Quem passar pela Praça Santa Luzia nos próximos dias poderá conferir ainda roda de conversa com a escritora Marcia Tiburi nesta sexta-feira (4/5), às 19h30, no Espaço Prosa – Salão de Eventos; show da banda Black Rio, com participação especial de Ed Motta, às 21 horas, no Palco Principal (Rua Bahia), e apresentação do tradicional tango e de danças do folclore argentino pela companhia Raizes – Cia Juan José Suarez, às 20h30.

No sábado (5/5), às 10 horas um grupo de escritores viverá a ousadia do encontro. Na ocasião eles falarão sobre seus caminhos literários, a troca de experiência e as várias formas que encontraram de vivenciar a escrita. Às 15 horas haverá oficina de origami e ainda a apresentação do espetáculo de dança “Vende-se um par de asas...”, da KD Cia de Dança, de Potirendaba; às 19 horas o grupo Reggae com Resistência Brasileira fará uma apresentação no Espaço Atol Cultural, também às 19h haverá rode de conversa com João Paulo Cuenca, às 20h30, a performance “O leite nosso de cada dia”, e às 21 horas show com a banda Baratazul.

No domingo (6/5) para encerrar o Festival, o diretor geral do Instituto Brasil Leitor, William Nacked, falará sobre o tema “Brasil, uma nação leitora?”, às 16 horas no Espaço Prosa, no salão de eventos. No último dia de Festival, o horário de funcionamento será das 10 às 18 horas. Toda a programação, com apresentações de dança, rodas de conversa e oficinas acontecerá na Praça Santa Luzia.