NOVIDADES

28/07/14

Fliv terá shows de importantes nomes da MPB em diferentes vertentes

Sobem ao palco montado na Concha Acústica “Profº Geraldo Alves Machado”, artistas como Sérgio Reis, Renato Teixeira, Chico César, Biquíni Cavadão, Orquestra Paulistana de Viola Caipira e Jorge Aragão


Além da programação reunindo nomes de destaque da cena literária brasileira, a quarta edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga – também terá uma programação musical intensa, com artistas importantes da música brasileira, de várias vertentes. Os shows ocorrem de 1º a 10 de agosto, na Concha Acústica “Profº Geraldo Alves Machado”. A quarta edição do FLIV é uma realização da Associação Cultural Moinho de Ideias com parceria da Prefeitura Municipal de Votuporanga.
A apresentação que marca a abertura oficial do evento, dia 1º de agosto (sexta-feira), reúne no palco dois dos principais artistas brasileiros, que têm em comum cantar os hábitos e costumes do povo do interior do Brasil: Sérgio Reis e Renato Teixeira. No show “Amizade Sincera”, eles sobem ao palco acompanhados por seus filhos músicos. 
Já no dia 02 de agosto (sábado) é a vez do Biquíni Cavadão, um dos maiores grupos do pop rock nacional, mostrar clássicos que marcaram sua carreira. Na quinta-feira, dia 07 de agosto, o cantor e compositor paraibano Chico César fará seu show em que relembrará seus principais sucessos.
No dia seguinte, sexta-feira, 8 de agosto, comemorando também o aniversário de 77 anos de Votuporanga, acontece o concerto/show da Orquestra Paulistana de Viola Caipira, com cerca de 40 instrumentistas. Por fim, encerrando o FLIV, dia 9 de agosto (domingo), sobe ao palco um dos mais respeitados sambistas brasileiros, Jorge Aragão, que ao lado de sua banda tocará sucessos de seus 36 anos de carreira.

FLIV – FESTIVAL LITERÁRIO DE VOTUPORANGA
PROGRAMAÇÃO DE SHOWS

Dia 1º de agosto, sexta-feira
Horário: 21h
Show de Abertura: Sérgio Reis e Renato Teixeira
Local: Concha Acústica “Profº Geraldo Alves Machado”
Endereço: Praça Cívica “Profº Benedito Lopes de Oliveira”
Sérgio Reis e Renato Teixeira apresentam, acompanhados por seus filhos, o show “Amizade Sincera”, trazendo no repertório canções de grande sucesso como “Amanheceu, Peguei a Viola”, “O Menino da Porteira” e “Tocando em Frente.

Dia 02 de agosto, sábado
Horário: 21hShow: Biquíni Cavadão
Local: Concha Acústica “Profº Geraldo Alves Machado”Endereço: Praça Cívica “Profº Benedito Lopes de Oliveira”Formado por Bruno Gouveia (voz), Carlos Coelho (guitarra), Álvaro Birita (bateria) e Miguel Flores da Cunha (teclado), o Biquini Cavadão, um dos mais importantes grupos do pop rock nacional, interpretará canções que marcaram sua carreira como “Vento Ventania” e “Timidez”.

Dia 07 de agosto, quinta-feira
Horário: 21h
Show: Chico César
Local: Concha Acústica “Profº Geraldo Alves Machado”
Endereço: Praça Cívica “Profº Benedito Lopes de Oliveira”
Na véspera do feriado de comemoração do aniversário de Votuporanga, Chico César se apresenta no FLIV, interpretando sucessos de sua carreira como “À Primeira Vista” e “Respeitem Meus Cabelos, Brancos” e “Mama África”. 

Dia 08 de agosto, sexta-feira
Horário: 21h
Show: Orquestra Paulistana de Viola Caipira
Local: Concha Acústica “Profº Geraldo Alves Machado”
Endereço: Praça Cívica “Profº Benedito Lopes de Oliveira”
No dia do aniversário da cidade, o presente para todos os votuporanguenses será a apresentação da Orquestra Paulistana Viola Caipira. A apresentação reunirá mais de 40 instrumentistas, num show com grandes clássicos da música popular e erudita na viola.

Dia 09 de agosto, sábado
Horário: 21h
Show: Jorge Aragão
Local: Concha Acústica “Profº Geraldo Alves Machado”
Endereço: Praça Cívica “Profº Benedito Lopes de Oliveira”
Encerrando a programação musical do FLIV 2014, um dos principais nomes do samba no Brasil, Jorge Aragão, sobe ao palco da Concha Acústica “Profº Geraldo Alves Machado” para apresentar clássicos do gênero como “Enredo do meu samba” e “Partido Alto”.

28/07/14

Quarta edição do Fliv reúne importantes nomes da literatura nacional

Autores como Cristovão Tezza, Luiz Ruffato, Ignácio de Loyola Brandão, Paulo Lins, Ronaldo Correia de Brito, Chacal, Alice Sant’Anna, Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira, além dos roteiristas Fernando Bonassi e Luiz Bolognesi e do músico Marcelo Yuka, participam do evento que irá propor uma reflexão sobre a “palavra”


Consolidando-se como um dos maiores festivais culturais do estado de São Paulo, o FLIV – Festival Literário de Votuporanga –, uma realização da Associação Cultural Moinho de Ideias com, parceria da Prefeitura Municipal de Votuporanga, chega à sua quarta edição, trazendo uma programação inteiramente gratuita, reunindo importantes nomes da cultura, sobretudo do universo literário. 
Entre os dias 1º e 10 de agosto, o público poderá participar de uma série de atividades como debates com escritores, lançamentos de livros, contações de histórias, além de shows e espetáculos teatrais, distribuídos em espaços da cidade como a Nova Concha Acústica e a Praça da Matriz. Especificamente os debates e palestras com autores ocorrem de 3 a 9 de agosto (programação abaixo).
Com curadoria assinada pelo escritor, poeta e jornalista Heitor Ferraz Mello (programação adulta) e pela dupla de escritoras Patricia Secco e Tarsilinha do Amaral (programação infantil), o FLIV 2014 terá, entre seus participantes, escritores renomados como Ignácio de Loyola Brandão, Paulo Lins (patrono do FLIV), Ronaldo Correia de Brito, Chacal, Luiz Ruffato, Cristovão Tezza, Alice Sant’Anna, Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira, além dos roteiristas Fernando Bonassi e Luiz Bolognesi e do músico Marcelo Yuka. Heitor Ferraz Mello será o responsável pela apresentação dos participantes convidados e ficará a cargo da mediação dos debates.
Já na área musical, o festival receberá a apresentação de importantes nomes da música brasileira, de várias vertentes, como Sérgio Reis, Renato Teixeira, Biquíni Cavadão, Chico César, Orquestra Paulistana de Viola Caipira e Jorge Aragão.
PALAVRA - A proposta da edição 2014 do FLIV é refletir sobre a “palavra” na vida de hoje, sobretudo em suas diferentes manifestações, como nas ruas, nas redes sociais e na literatura. “Numa época sem utopia, a palavra oferece a sua resistência à massificação dos sentimentos. E levanta bandeiras, cria histórias e procura se expressar na prosa e na poesia”, explica o curador Heitor Ferraz Mello.
A escolha da “palavra” como fio condutor dos temas e da escolha dos participantes teve como ponto de partida as manifestações ocorridas no Brasil em junho de 2013. Para Ferraz, “a ideia é ressaltar a importância dos diferentes usos que a palavra pode ter num mundo de manifestações, onde todos falam e emitem suas opiniões, independentemente da posição que defenda. É a palavra ganhando corpo nas manifestações, sonhando um caminho para o Brasil”.
A palavra também foi fundamental na escolha dos participantes dos debates. Segundo o curador, “Paulo Lins e Luiz Ruffato têm em comum  obras com enfoque nas questões brasileiras, por isso debaterão sob o tema “A Palavra País”. Já o premiado romancista Cristóvão Tezza, autor de “O filho Eterno”, falará sobre “A Palavra Manifesta”. Tezza foi professor de Língua Portuguesa na Universidade Federal do Paraná e falará sobre a palavra na literatura e em seus romances. Seu último romance, “O Professor”, tem como protagonista um velho filólogo desfiando sua memória.
Nome de destaque entre os participantes, o escritor Ignácio de Loyola Brandão relembrará o golpe militar de 64 e os 40 anos de seu livro “Zero”, proibido no Brasil na época. “Zero primeiramente foi publicado na Itália, por conta de sua proibição no Brasil. Ignácio dará detalhes dessa época, em que cópias do livro circulavam pelo país datilografadas ou reproduzidas em mimeógrafos. Com isso, é importante ressaltar como a cidadania é importante no nosso mundo”, afirma Heitor.
A poesia também é um dos focos principais dos debates do FLIV, refletida no encontro entre duas gerações de autores do gênero: Chacal e Alice Sant’Anna. Ferraz explica a escolha ressaltando que “são duas gerações que conversam, principalmente pelo redescobrimento da literatura e poesia dos anos 70”. Chacal e Alice Sant’Anna escrevem poesias que têm em comum a preocupação com o cotidiano. O curador também fez questão de criar uma mesa dedicada ao cinema com a participação de Fernando Bonassi e Luiz Bolognesi. “A ideia é mostrar as semelhanças entre essas duas linguagens artísticas (literatura e cinema), sobretudo na criação de narrativas, roteiros e universos fictícios”, conclui o curador. 
A quarta edição do FLIV tem o patrocínio da Usina Colombo e Açúcar Caravelas por meio do Programa de Ação Cultural – Proac/ICMS; Senac Votuporanga, Sesc Rio Preto e TV TEM (afiliada Rede Globo). 

PROGRAMAÇÃO FLIV 2014
PALESTRAS E DEBATES – DE 3 A 9 DE AGOSTO 

Dia 03 de agosto, domingo
Horário: 17 horas
Local: Espaço Cine FLIV
A palavra manifesta – com Cristovão Tezza 
Mediação: Heitor Ferraz Mello
A palavra está no nosso cotidiano, desde os protestos de rua às declarações de amor, nas conversas irritadas no celular aos sussurros de dois amantes. Nesta palestra, o premiado escritor Cristovão Tezza fala sobre a palavra na sua obra.Cristovão Tezza, um dos mais importantes nomes da prosa brasileira contemporânea, é autor do premiado romance “O Filho Eterno”, já traduzido para diversas línguas, e do recém-lançado “O Professor”, entre outros.

Dia 04 de agosto, segunda-feira
Horário: 19h30
Local: Espaço Cine FLIV
A palavra afaga e apedreja – com Chacal e Alice Sant’Anna
Mediação: Heitor Ferraz Mello
A poesia brasileira dos anos 70 à atualidade, de Waly Salomão, Ana Cristina César e Paulo Leminski às vozes que estão na rua. Esta mesa promove o encontro de duas gerações, com a presença de Chacal, poeta surgido nos anos 1970, e Alice Sant’Anna, uma das vozes de destaque da poesia de hoje.Chacal é um dos ícones da poesia brasileira dos anos 1970. Pioneiro da poesia marginal, lançando livros mimeografados, é autor de vários livros de poemas, hoje reunidos no volume “Belvedere”. Ele também escreveu “Murundum”, uma coletânea de poemas para jovens. Já Alice Sant’Anna é uma jovem poeta carioca e já se destaca no panorama da poesia brasileira atual. Ela é autora de “Dobradura” (2008), “Pingue-pongue” (uma publicação em coautoria com Armando Freitas Filho, 2012) e “Rabo de Baleia” (2013). 

Dia 05 de agosto, terça-feira
Horário: 19h30
Local: Espaço Cine FLIV
A palavra país – com Luiz Ruffato e Paulo Lins (Patrono do Fliv)
Mediação: Heitor Ferraz Mello
A literatura se manifesta com força, crítica e beleza sobre um país à margem. Para falar sobre o retrato do Brasil na literatura contemporânea, esta mesa reúne dois grandes nomes da prosa atual no país, os romancistas Luiz Ruffato e Paulo Lins.
Luiz Ruffato publicou vários livros, entre os quais a pentalogia “Inferno Provisório” e o aclamado “Eles eram muitos cavalos”, que recebeu o prêmio APCA e o Machado de Assis, da Biblioteca Nacional. Ele acaba de publicar o romance “Flores Artificiais”. Paulo Lins é poeta e autor do premiado romance “Cidade de Deus”, que foi levado para as telas pelo cineasta Fernando Meirelles. Seu último romance é “Desde que o samba é samba”. Lançou também o quadrinho “Era uma vez eu”. Como roteirista, ele fez a série de TV “Cidade dos homens”, a minissérie “Subúrbia”, em parceria com Luis Fernando Carvalho, e o longa “Quase dois irmãos”, de Lucia Murat. Lins é o patrono do FLIV deste ano.

Dia 06 de agosto, quarta-feira
Horário: 19h30
Local: Espaço Cine FLIV
A palavra interior – com Ronaldo Correia de Britto e Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira
Mediação: Heitor Ferraz Mello
O interior já não é mais o mesmo, mas ninguém tem saudade da vida besta. Com este mote, os escritores Ronaldo Correia de Britto e Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira falam sobre sua literatura e seus personagens, e sobre a tênue fronteira entre o mundo rural e o mundo urbano. 
Ronaldo Correia de Britto é contista, romancista e dramaturgo. E também é médico, em Recife, onde mora. É autor do romance “Galileia”, vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura, em 2009. Publicou alguns volumes de contos, como “Faca”. Seu mais recente lançamento é o romance “Estive lá fora”. 
Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira é uma das grandes surpresas da literatura brasileira. Em 2012, lançou seu primeiro romance, “As visitas que hoje estamos”, Elogiado pelos principais críticos brasileiros. Morador de Arceburgo, interior de Minas, ele também é autor do livro de poemas “Peixe e Míngua”. No final deste ano, estreia na literatura infantil, com o livro “O Amor pega feito um bocejo”.

Dia 07 de agosto, quinta-feira
Horário: 19h30
Local: Espaço Cine FLIV
A palavra cidadã – com Ignácio de Loyola Brandão
Mediação: Heitor Ferraz Mello
Há 40 anos, o escritor Ignácio de Loyola Brandão lançava, na Itália, o romance “Zero”, que trata da repressão e do desejo de liberdade. Neste encontro, ele vai falar sobre seu livro e os 50 anos do Golpe Militar, no Brasil.
Ignácio de Loyola Brandão é escritor e jornalista. Considerado um dos mais importantes escritores do país, ele já publicou vários livros, entre romances, contos e crônicas. É autor, entre outros, de “Bebel que a cidade comeu”, “Zero”, “Não verás país nenhum” e “O verde violentou o muro”. Seu mais recente lançamento é o livro de memórias “Solidão no fundo da agulha”, com fotos de Paulo Melo Jr. e um CD com canções interpretadas por sua filha Rita Gullo.

Dia 08 de agosto, sexta-feira
Horário: 17h
A palavra mixada - com Marcelo Yuka
Local: Espaço Cine FLIV
Mediação: Paulo Lins
Com forte poder de comunicação, a poesia e a música de Marcelo Yuka retratam a vida vertiginosa das grandes cidades. Neste encontro, Yuka vai falar da sua música como pauta das lutas sociais e também sobre os principais momentos de sua carreira.

Dia 09 de agosto, sábado
Horário: 17h30
Local: Espaço Cine FLIV
A palavra projetada – com Fernando Bonassi e Luis Bolognesi
Mediação: Heitor Ferraz Mello
A palavra recriada pelo mundo das imagens, nas telas do cinema e da televisão. Para falar sobre a influência da literatura nos roteiros cinematográficos, esta mesa reúne o escritor e roteirista Fernando Bonassi e o roteirista e diretor de cinema Luiz Bolognesi.
Fernando Bonassi é escritor, dramaturgo e roteirista. Publicou, entre outros livros, “Um Céu de Estrelas”, “Subúrbio”, “Passaporte” e “Prova Contrária”. É também corroteirista dos filmes “Os Matadores” (de Beto Brant), “Através da janela” (de Tata Amaral), “ Castelo Rá Tim Bum” (de Cao Hamburguer), e “Estação Carandiru” (de Hector Babenco). Criou e desenvolveu, em parceria com Marçal Aquino, os seriados "Força Tarefa" e "O Caçador", para a Rede Globo de Televisão. Luiz Bolognesi é roteirista e diretor de cinema. É dele o roteiro do filme “Bicho de Sete Cabeças” e “As melhores coisas do mundo”, ambos com direção de Laís Bodanzky. Como diretor, assina a animação “Uma história de amor e fúria”. Seu trabalho mais recente é “Amazônia”, de Thierry Ragobert, e o documentário “Educação.doc”, em parceria com Bodanzky.

25/07/14

Programação infanto juvenil do Fliv incentiva a criança a mergulhar no mundo da leitura

Com curadoria de Patricia Secco e Tarsilinha do Amaral, programação terá uma série de atividades gratuitas com o objetivo de divertir e estimular a formação de pequenos leitores 


Despertar ou mesmo aumentar o hábito da leitura nas crianças e jovens de Votuporanga. Esse é o objetivo que norteia o trabalho de curadoria da dupla de escritoras Patricia Secco e Tarsilinha do Amaral para a programação infantil do FLIV – Festival Literário de Votuporanga. Desta maneira, o público infantil e infantojuvenil da região terá à disposição, entre os dias 1 e 10 de agosto, uma série de atividades gratuitas como contações de histórias, espetáculos teatrais, exibição de filmes, oficinas de musicalização, espetáculo circense, shows musicais, oficinas de aquarela, entre outras.
Para uma das curadoras, Patricia Secco, o objetivo é promover uma imersão dos pequenos no mundo da leitura. “A ideia principal da programação infantil do FLIV é incentivar desde já o hábito da leitura nas crianças e fazê-las mergulhar nos livros, nas histórias e fazer uma verdadeira viagem por esse universo maravilhoso”, enfatiza Secco.
Divididas em espaços como o Calçadão da Concha Acústica, o Cine FLIV, a Escola de Artes e o Espaço das Histórias, as atividades selecionadas foram pensadas com a intenção de divertir as crianças, de uma maneira lúdica. A curadora Patricia Secco explica ainda que “o espetáculo ‘O Leão e o Ratinho’, da Cia. Fábrica de Sonhos, por exemplo, tem um foco muito grande nos valores humanos. Já a peça ‘O Beco’, encenada pelo Grupo Senac de Teatro, aborda temas como a urbanização, fazendo com que as crianças aprendam sobre o cuidado com os espaços públicos”. 

FLIV – FESTIVAL LITERÁRIO DE VOTUPORANGA - PROGRAMAÇÃO INFANTIL
De 1º a 10 de agosto
Curadoria Patrícia Secco e Tarsilinha do Amaral

Dia 02 de agosto – Sábado
10h Espaço das Histórias
Oficina de Instrumentos e Musicalização
Com Jussara Belloni
Classificação: Livre

11h Espaço Cine FLIV 
Contação de Histórias
Com Gabriela Carvalho
Classificação: Livre

15h Espaço das Histórias 
Espetáculo teatral “Histórias de Todo Mundo”
Com a Cia. Oficina Garalhufa de Teatro
Sinopse: Damião é um mochileiro que viaja de carona pelas galáxias. Seu planeta de origem “TodoMundo” passou por uma catástrofe e ele é um dos poucos habitantes sobreviventes, por isso, sua missão é viajar para outras dimensões contando as lendas de seu povo para que suas histórias não sejam esquecidas.  
Classificação: Infantil

16h Espaço Cine FLIV 
Filme: Copa do Vidigal
Doc/Rio de Janeiro-RJ/2010/Cor/75min
Direção: Luciano Vidigal. Produção: CAVÍDEO e Nós do Morro 
Sinopse: Campeonato de futebol de favelas organizado pelo professor de futebol Cypa, no morro do Vidigal, Rio de janeiro, com o objetivo de resgatar a paz através do esporte, numa área que estava traumatizada com uma recente guerra entre traficantes.

19h Calçadão Concha Acústica
Intervenção performática “Microdramaturgias”
Com os integrantes do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas de Votuporanga

Dia 03 de agosto - Domingo

10h30 Espaço das Histórias
Contação de Histórias
Com Gabriela de Carvalho
Classificação: Infantil

15h Espaço das Histórias
Oficina de Instrumentos e Musicalização
Com Jussara Belloni
Classificação: Livre

17h Espaço das Histórias 
Espetáculo teatral “Histórias de Todo Mundo”
Com a Cia Oficina Garalhufa de Teatro
Damião é um mochileiro que viaja de carona pelas galáxias. Seu planeta de origem, “TodoMundo”, passou por uma catástrofe e ele é um dos poucos habitantes sobreviventes, por isso, sua missão é viajar para outras dimensões contando as lendas de seu povo para que suas histórias não sejam esquecidas.  
Classificação: Infantil

18h30 – Espaço Cine FLIV 
Filme: L.A.P.A. 
Doc/Rio de Janeiro-RJ/Cor /2008/74min
Direção: Cavi Borges e Emílio Domingos. 
Produção: CAVÍDEO 
Sinopse: Bairro boêmio do Rio de Janeiro, tradicional reduto de sambistas. Hoje é também ponto de encontro de MCs e do rap. L.A.P.A: um filme sobre o bairro da Lapa. Um filme sobre o rap carioca.

19h Calçadão Concha Acústica
Intervenção performática “Microdramaturgias”
Com os integrantes do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas de Votuporanga

Dia 04 de agosto - Segunda-Feira

7h30 Espaço das Histórias 
Contação de Histórias 
Com Gabriela Carvalho
Classificação: a partir de 9 anos

7h30 Espaço Cine FLIV
Contação de Histórias
Com Alvaro Rovares
Classificação: a partir de 6 anos

10h e 15h Espaço das Histórias
Espetáculo teatral "O Leão e o Ratinho"
Com a Cia. Fábrica de Sonhos
Classificação: a partir de 6 anos

10h e 15h Espaço Cine FLIV 
Contação de Histórias
Com Gabriela Carvalho
Classificação: a partir de 9 anos

14h Escola de Artes –Sala Grande
Oficina de Modelagem
Com Gustavo Rapassi
Classificação: Livre

16h Espaço Cine FLIV
Espetáculo circense “O Circo”
Com a Cia. Entre Aspas
Classificação: Livre

19h Calçadão Concha Acústica
Intervenção performática “Microdramaturgias”
Com os integrantes do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas de Votuporanga

Dia 05 de agosto - Terça-Feira

7h30 Espaço Cine FLIV 
Contação de Histórias
Com Alvaro Rovares
Classificação: a partir de 6 anos

7h30 Espaço das Histórias 
Contação de Histórias
Com Gabriela Carvalho
Classificação: a partir de 9 anos

9h30 Espaço Cine FLIV 
Contação de Histórias 
Com Alvaro Rovares
Classificação: a partir de 9 anos

10h e 15h Espaço das Histórias
Espetáculo teatral "O Leão e o Ratinho"
Com a Cia. Fábrica de Sonhos
Classificação: a partir de 6 anos

14h Escola de Artes - Sala Grande
Oficina de Aquarela
Com Gustavo Rapassi
Classificação: Livre

15h Espaço Cine FLIV
Contação de Histórias
Com Gabriela Carvalho
Classificação: a partir de 9 anos

19h Calçadão Concha Acústica
Intervenção performática “Microdramaturgias”
Com os integrantes do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas de Votuporanga

Dia 06 de agosto - Quarta-Feira

7h30 Espaço das Histórias
Contação de Histórias
Com Alvaro Rovares
Classificação: a partir de 5 anos

7h30 Espaço Cine FLIV
Espetáculo teatral “Uirapuru” 
Com a Cia. Forrobodó de Teatro e Cultura Popular
Classificação: a partir de 5 anos

10h Espaço das Histórias
Espetáculo teatral "O Leão e o Ratinho" 
Com a Cia. Fábrica de Sonhos
Classificação: Livre

10h Espaço Cine FLIV
Espetáculo teatral “Uirapuru” 
Com a Cia Forrobodó de Teatro e Cultura Popular
Classificação: Livre

10h Escola de Artes – Sala Grande
Jogo: Os Heróis em Defesa da Água
Com Editora Evoluir Cultural
Classificação: a partir de 7 anos

15h Espaço das Histórias
Espetáculo teatral "O Leão e o Ratinho"
Com a Cia. Fábrica de Sonhos
Classificação: Livre

19h Calçadão Concha Acústica
Intervenção performática “Microdramaturgias”
Com os integrantes do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas de Votuporanga

Dia 07 de agosto - Quinta-Feira

7h30 Espaço das Histórias
Contação de Histórias
Com Alvaro Rovares
Classificação: a partir de 5 anos

7h30 e 10h Espaço Cine FLIV
Espetáculo teatral “A Folheteira e Sua Banca de Histórias”
Com a Cia Forrobodó de Teatro e Cultura 
Classificação: Livre

9h Calçadão da Concha Acústica
Espetáculo teatral “O Beco”
Obra de Patricia Secco, encenada pelo Grupo Senac de Teatro
Direção: Giovanni Mantovani
Classificação: Livre

10h e 14h Espaço Cine FLIV
Sarau “Parada Poética” Com o Rapper e Poeta Renan Inquérito
Classificação: a partir de 11 anos

10h e 15h Espaço das Histórias 
Espetáculo teatral "O Leão e o Ratinho"
Com a Cia. Fábrica de Sonhos
Classificação: a partir de 5 anos

19h Calçadão Concha Acústica
Intervenção performática “Microdramaturgias”
Com os integrantes do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas de Votuporanga

Dia 08 de agosto (Aniversário de Votuporanga)

10h Espaço das Histórias
Espetáculo circense “O Circo”
Com a Cia. Entre Aspas
Classificação: Livre

10h e 15h Espaço Cine FLIV
Contação de Histórias
Com Gabriela Carvalho
Classificação: Livre

10h Espaço Escola de Artes – Sala Grande
Jogo: Os Heróis em Defesa da Água
Com Editora Evoluir Cultural
Classificação: A partir de 7 anos

11h30 e 15h Calçadão da Concha Acústica
Intervenção Poética Itinerante “Poemas Susurrados”
Com Renata Roman
Intervenção de sensibilização à escuta na qual a artista Renata Roman, declama ao pé do ouvido do público receptivo, poemas escolhidos previamente, acompanhados pelo som de suas caixinhas de música.
Classificação: Livre

14h Calçadão da Concha Acústica
Espetáculo teatral “O Beco”
Obra de Patricia Secco, encenada pelo Grupo Senac de Teatro
Direção: Giovanni Mantovani
Classificação: Livre

19h Calçadão Concha Acústica
Intervenção performática “Microdramaturgias”
Com os integrantes do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas de Votuporanga

Dia 09 de agosto - Sábado

10h Espaço Cine FLIV
Oficina de Instrumentos e Musicalização
Com Jussara Belloni
Classificação: Infantil

11h Escola de Artes – Sala Grande
Oficina de hortas em caixotes
Com Editora Evoluir Cultural
Classificação: Livre

14h Calçadão Concha Acústica
Intervenção Poética Itinerante “Poemas Sussurrados”
Com Renata Roman
Intervenção de sensibilização à escuta na qual a artista Renata Roman, declama ao pé do ouvido do público receptivo, poemas escolhidos previamente, acompanhados pelo som de suas caixinhas de música.
Classificação: Livre

15h Espaço das Histórias
Contação de Histórias
Com Alvaro Rovares
Classificação: Infantil

19h Calçadão Concha Acústica
Intervenção performática “Microdramaturgias”
Com os integrantes do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas de Votuporanga

Dia 10 de agosto - Domingo

15h Concha Acústica “Profº Geraldo Alves Machado”
Show Musical Infantil Grupo Gangorra 
Classificação: Livre
Realização Sesc Rio Preto

19h Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”
Espetáculo teatral “Carícias”
Curso de Arte Dramática do Senac de Araçatuba
Direção de Mauro Junior

19h Calçadão Concha Acústica
Intervenção performática “Microdramaturgias”
Com os integrantes do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas de Votuporanga

20h30 Concha Acústica “Profº Geraldo Alves Machado”
Estreia do Espetáculo de Dança “E5P31HO”
Concepção e interpretação: Maykol Cruz. 
Música: Guilherme Ceballos. 
Vídeo: Vangelis Lopes. 
Figurinos: Ivani Faria. 
Produção e Iluminação: Marcelo Zamora
Espetáculo contemplado pelo Programa Bolsa Cultura de Fomento à Produção Cultural no Município de Votuporanga
Classificação: Livre

11/05/13

FLIV 2013 atrai público de 45 mil pessoas em 11 dias de evento

Votuporanga consolidou-se como a cidade do maior festival de literatura e arte do noroeste paulista com a terceira edição do FLIV (Festival Literário de Votuporanga), que terminou nesta sexta-feira (10 de maio), envolvendo um público de 45 mil pessoas em 11 dias de evento e proporcionando a venda de 53 mil livros.

Com uma programação cultural recheada de atrações da música, do teatro, da dança e das artes visuais, além, é claro, da presença ilustre de grandes escritores da atualidade, o FLIV 2013 cumpriu efetivamente com seu papel de promover o hábito da leitura entre diferentes gerações, principalmente as crianças.

A terceira edição ganhou uma estrutura especial na Avenida dos Bancários, com um pavilhão de 1,5 mil m² e um palco, além do Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” e do espaço da Atol Cultural, que também serviram de palco para as atividades do festival literário. Todos estes espaços juntos deram vida a um complexo de 6 mil m² dedicado à cultura e à educação.

Para a secretária municipal de Educação, Cultura e Turismo, Silvia Cristina Rodolfo, o FLIV superou todas as expectativas, envolvendo um público além do esperado. “O evento incentivou a leitura efetivamente. As crianças vinham à feira com a escola e depois retornavam com os pais”, comenta.

Segundo Silvia, a expectativa é de que a próxima edição do festival literário seja realizado no centro cultural que está sendo construído no Centro de Lazer do Trabalhador, inovando novamente em estrutura e atrações para o público. “Recebemos muitas sugestões tanto de expositores como de professores e pais, o que demonstra que o evento conquistou a comunidade, que quer ver o FLIV cada vez melhor para divulgar o nome de Votuporanga para todo o país”, enfatiza.

Incentivo à leitura
A venda de livros durante o FLIV 2013 foi recorde, superando os 41 mil títulos comercializados no ano passado. Foram vendidos 53 mil livros pelas livrarias Premier, Espaço e Saraiva, editora Senac, projeto Caravana da Leitura e Sebo Votuporanga.

Para os estudantes da rede municipal de Votuporanga, a organização do festival literário disponibilizou vale-livro no valor de R$ 10. Foram 3.500 vales concedidos para estudantes de 1ª a 8ª série.

O número de estudantes da região que visitaram o FLIV também foi recorde. Cerca de 15 mil estudantes de escolas de 30 cidades do noroeste paulista, inclusive de São José do Rio Preto, vieram conferir às atrações do festival votuporanguense.

Programação cultural
Todas as atrações culturais do FLIV foram oferecidas gratuitamente para a comunidade de Votuporanga e região. O evento, que prestou homenagem ao centenário do poeta Vinicius de Moraes, foi aberto em grande estilo, com o show de um dos grandes parceiros do “poetinha”, o cantor Toquinho, que contou com a participação especial da cantora Tiê. Somente na noite de abertura do FLIV, no dia 30 de abril, o evento reuniu 5 mil pessoas.

Nas rodas de conversa, organizadas pelo Clube de Autores, parceiro do FLIV desde a primeira edição, o público trocou ideias com nomes como o escritor Paulo Lins, que acaba de lançar livro sobre a história do samba no Rio de Janeiro; os poetas Marcelino Freire e Sergio Vaz, dois nomes que são referenciais na promoção da leitura nas periferias; Antonio Cicero e Francisco Bosco, duas gerações da poesia brasileira; os cronistas Humberto Werneck e Braulio Tavares; e os quadrinistas Alexandra Moraes e André Dahmer.

Realizados concomitantemente ao FLIV, a 1ª Mostra Internacional de Dança de Votuporanga e o 10º Fórum Internacional de Dança do Estado de São Paulo apresentou um panorama da dança para o público da região, com espetáculos de sete países, com culturas e linguagens bem distintas.

As oficinas e palestras da programação formativa do FLIV 2013 atraíram um público expressivo, desde professores a jovens interessados em desenvolver a criatividade e outras habilidades sensoriais. Do origami à dança, a comunidade envolveu-se com a programação do FLIV de forma plena.

Para a coordenadora-geral do FLIV, Cibeli Moretti, o evento constrói uma trajetória empreendedora, atraindo cada vez mais o público da região e conquistando importantes parceiros e patrocinadores. “A cada nova edição do FLIV damos mais um passo para torna-lo o maior evento literário do estado de São Paulo”, reforça.

O FLIV 2013 tem patrocínio da Usina Colombo e Açúcar Caravelas, Governo do Estado de São Paulo, Unifev, Clube de Autores, TV TEM e Fundação Itaú Social, além de apoio do Sescoop/SP, Abaçaí – Organização Social de Cultura e Atol Cultural. O evento é produzido com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Proac ICMS (Programa de Ação Cultural).

Imagens do FLIV 2013
http://www.flickr.com/photos/prefvotuporanga/

10/05/13

Almagêmea faz última apresentação da Mostra Internacional de Dança

Nesta sexta-feira (10 de maio), às 21h, acontecerá a última apresentação da primeira edição da Mostra Internacional de Dança de Votuporanga, no palco da Avenida dos Bancários.

O espetáculo “Era Uma Vez...”, da Almagêmea, de Votuporanga, volta ao palco para mais uma apresentação.

Inspirado no universo mágico da literatura, o espetáculo da Almagêmea passeia por diferentes histórias e diferentes estilos de dança, tais como balé clássico, balé contemporâneo, jazz, sapateado, flamenco e hip hop. A direção é de Amanda e Helen Borim.

A 1ª Mostra Internacional da Dança de Votuporanga tem patrocínio do Governo do Estado de São Paulo.

10/05/13

FLIV termina nesta sexta com roda de conversa sobre quadrinhos

As histórias contadas pelos desenhos e quadrinhos marcam o último dia do FLIV (Festival Literário de Votuporanga), nesta sexta-feira (10 de maio), às 19h30, quando acontecerá a roda de conversa com os quadrinistas André Dahmer e Alexandra Moraes. Na mediação da roda de conversa, o cartunista Orlandeli, de Rio Preto. Com certeza, será uma atividade que renderá momentos bem humorados.

André e Alexandra estão hoje entre os mais citados autores de tirinhas na mídia web. Autores de divertidas narrativas, fazem, por meio do desenho, uma verdadeira crônica da vida contemporânea.

Jornalista e quadrinista, Alexandra criou, em 2009, a série “O Pintinho: Mais Um Filho de Mãe Brasileira”. É editora-adjunta digital do caderno "Ilustrada", da “Folha de S. Paulo”. Já André é criador dos personagens “Malvados” e “Rei Emir”. Artista de traço livre e texto preciso, entre girassóis e castelos, ele cria, recria e inova sobre os costumes diários e questionamentos da sociedade. Suas criações já apareceram no Jornal do Brasil, no portal de internet G1, na “Folha de S. Paulo”, nas revistas “Sexy Premium”, “Piauí” e “Caros Amigos”. Uma das suas tiras foi usada no tema da redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2011.

Outro artista do traço, Orlandeli é publicitário, cartunista e ilustrador, sendo suas principais criações os quadrinhos “Grump” e “SIC”. Também publica suas tiras no jornal “Diário da Região”.

09/05/13

Professores participam de curso sobre educação infantil

Nesta quinta-feira (9 de maio), às 18h30, tem início o segundo curso para professores de ensino infantil e fundamental ministrado pelo professor doutor Geraldo Peçanha de Almeida.

Com o tema “Práticas Educativas na Educação Infantil”, o curso será realizado no auditório da Câmara Municipal.

Autor de mais de 40 livros sobre diferentes segmentos da prática pedagógica, Almeida já trabalhou no grupo Positivo e fez consultoria para as redes Pitágoras, Opet e Dom Bosco. Implantou, em 2010, programa de leitura e escrita em Moçambique, na África.

09/05/13

Cia. Virtual se apresenta na Mostra Internacional de Dança nesta quinta

Pela 1ª Mostra Internacional de Dança de Votuporanga, a programação desta quinta-feira (9 de maio) prevê a apresentação do espetáculo “Corpouvido”, da Virtual Cia. de Dança, de Rio Preto. A apresentação será às 21h, no palco da Avenida dos Bancários.

Dirigido por Marcelo Zamora, “Corpouvido” é uma instalação audiovisual para dança apoiada no diálogo entre corpo, vídeo e som, que transitam por momentos em forma paralela e outros em contraponto.

A trilha sonora composta exclusivamente para esta obra pelo argentino Guillermo Ceballos é inspirada particularmente na linguagem hip hop. A partitura coreográfica se potencializa e complementa nesta estrutura sonora.

09/05/13

FLIV promove bate-papo sobre a crônica nesta quinta-feira

A crônica ganha a cena do FLIV (Festival Literário de Votuporanga), nesta quinta-feira (9 de maio), às 19h30, quando acontecerá uma roda de conversa com os escritores Humberto Werneck e Bráulio Tavares. A atividade será no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”, tendo como mediador o jornalista e cronista Orlando Ribeiro.

A crônica é, dos gêneros literários, o mais controverso. Embora considerada um gênero “menor”, nela, grandes escritores se consagraram. Luiz Fernando Veríssimo, Fernando Sabino e Rubem Braga são apenas alguns dos exemplos mais bem acabados disto. Em Votuporanga, o saudoso Artur de Carvalho é um dos exemplos do gênero crônica.

Por outro lado, o gênero pode ganhar roupagens pouco literárias. A chamada crônica de opinião também terá seu valor, embora menos reconhecido como artesanato verbal. Uma coisa é certa: poucos gêneros literários dão ao autor tamanha liberdade.

Os escritores convidados para a roda de conversa desta quinta-feira fazem da crônica seu modo de vida. Com ela, eles são poetas, comentadores, narradores, humoristas, pesquisadores. Escrevem periodicamente em suas colunas de jornal. Humberto Werneck no “Estado de S. Paulo” e Bráulio Tavares no “Jornal da Paraíba”.

08/05/13

Oficinas para todas as idades movimentam a quinta-feira do FLIV

Nesta quarta-feira (8 de maio), o Pavilhão do FLIV recebe Renata Roman Ayres, que vai ministrar uma oficina de contação de histórias para crianças com idade entre 9 e 11 anos.

Por meio de atividades cooperativas, a oficina busca fornecer elementos de diferentes narrativas para que as crianças compreendam o processo de criação e transmissão de histórias.

As oficinas acontecerão em quatro momentos do dia – das 7h45 às 9h45, das 10h às 12h, das 12h45 às 14h45 e das 15h às 17h –, no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”.

No espaço da Atol Cultural, das 17h às 19h, uma oficina de criatividade será realizadas nesta quarta-feira. A atividade será com o artista plástico Gustavo Rapassi, de Votuporanga, que ensinará técnicas de modelagem em jornal.

No Centro de Convenções, das 19h às 21h, haverá uma oficina de teatro para quem não quer ser ator, ministrada por Ricardo Diaz.