NOVIDADES

19/10/16

FLIV 2016 recebe projeto educacional “Elektro nas Escolas”

A 6ª edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga contará com a presença do projeto educacional “Elektro nas Escolas”. O projeto tem como principal objetivo disseminar informações sobre o uso eficiente e seguro da energia elétrica junto a comunidade escolar.

As atividades do “Elektro nas Escolas” são desenvolvidas no interior de uma Unidade Móvel de Ensino, que consiste num caminhão, transformado em laboratório sobre rodas. O veículo é adaptado para que os visitantes possam participar de um circuito roteirizado de atividades presenciais e interativas, que proporcionam uma relação direta entre o indivíduo e a energia.

Os alunos que participarem do projeto receberão uma série de informações sobre os processos de geração, transmissão, distribuição e o bom uso da energia elétrica, além de vivenciarem experiências lúdicas e interativas.

Haverá também a apresentação do teatro de fantoches “A Jovem Escritora”, que busca reforçar os conceitos transmitidos na Unidade Móvel, de forma simples e divertida.

Cada sessão do “Elektro nas Escolas” tem duração de aproximadamente 30 minutos. As atividades do projeto acontecem nos dias 27 e 28 de outubro, no período da manhã, das 7h30 às 11h30, e durante a tarde, das 13h às 17h.
 
Sobre o FLIV
O Festival Literário de Votuporanga – FLIV é considerado o maior evento multicultural gratuito do Estado de São Paulo. De 21 a 29 de outubro, terá a sua maior edição no Parque da Cultura com nove dias de atividades gratuitas abertas ao público, contabilizando cerca de 125 horas gratuitas de promoção à cultura, com foco no incentivo à leitura junto ao público infanto-juvenil, na faixa etária de 6 a 14 anos. Entre as principais atrações desta edição, estão a presença da filha de Cora Coralina, Vicência Bretas, e de escritores como Ignácio de Loyola Brandão, Marcia Tiburi e Lourenço Mutarelli. Em cinco edições, o festival registrou mais de 230 mil visitantes de 40 municípios do interior paulista. Saiba mais em www.flivotuporanga.com.br ou no facebook.com.br/flivotuporanga
 
Organização
O FLIV 2016 é realizado pelo Ministério da Cultura, Instituto Comuna, Prefeitura de Votuporanga e Governo do Estado com patrocínios oficiais do Guaraná Antartica e Elektro pela Lei de Incentivo à Cultura e Proac/SP – Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo. E os apoiadores Grupo HSA, Senac, Abaçaí Organização Social de Cultura, Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura; Projeto Ademar Guerra; OC Oficinas Culturais, Apaa – Associação Paulista dos Amigos da Arte; Sesc 70 anos; Unifev; Museu Casa de Cora Coralina; Media Lab/UFG e Sesi/SP. Promoção, TV TEM.

19/10/16

Projeto “FLIV Itinerante” retorna em 2016

O projeto “FLIV Itinerante – Leitores do Futuro” estará presente durante a programação do 6ª edição do Festival Literário de Votuporanga, que acontece entre os dias 21 e 29 de outubro, no Parque da Cultura.

Lançado em 2015, como uma iniciativa inédita na região Noroeste Paulista, o “FLIV Itinerante” tem uma estrutura de biblioteca móvel, montada dentro de um ônibus, com mais de mil títulos de literatura infanto-juvenil, além de equipamentos de multimídia para sessões de cinema com filmes educativos.

Com o intuito de levar ações de incentivo à leitura aos bairros, escolas e espaços comunitários de Votuporanga, o “FLIV Itinerante” promove atividades culturais e artísticas com a comunidade, garantindo a inclusão social por meio do livre acesso à informação.

Projetada com a finalidade de estender a programação do FLIV durante todo o ano, a biblioteca móvel já percorreu diversos bairros de Votuporanga e esteve presente em mais sete municípios da região: Tabapuã, Potirendaba, Parisi, Valentim Gentil, Novais, Magda, e Sebastianópolis do Sul.

A iniciativa acontece com patrocínio oficial da Itamarati, Usina Colombo, Açúcar Caravelas e Facchini por meio do ProAC – ICMS: Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura, com apoio da Prefeitura de Votuporanga, HSA e Instituto Comuna.

18/10/16

FLIV 2016: “Homenagear minha mãe é uma ideia formidável”, diz filha de Cora Coralina

Nascida em 1889, na Cidade de Goiás, a poetisa Cora Coralina foi uma das mais importantes escritoras da literatura brasileira. Este ano, o universo lúdico dos versos de Cora será relembrado durante a 6ª edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga, que acontece entre os dias 21 e 29 de outubro, no Parque da Cultura.

A filha da poetisa goiana, Vicência Bretas Tahan, é uma das convidadas especiais desta edição do festival. Autora de uma biografia romanceada da mãe, “Cora Coragem, Cora Poesia”, publicada pela editora Global, Vicência participará da abertura do festival, no dia 21, e de um bate-papo com Renato Barbieri e Regina Pessoa, diretores do documentário “Cora Coralina – Todas as Vidas”, no dia 22.

De acordo com Vicência, um dos aspectos que mais lhe chama atenção na carreira e na personalidade de Cora é a simplicidade: “Minha mãe nunca teve a pretensão de trazer nenhuma grande colaboração para a literatura brasileira. Ela costumava dizer que nunca correu atrás da poesia, mas que a poesia, na verdade, nasceu com ela”.

A respeito da escolha de Cora Coralina como autora homenageada do FLIV 2016, Vicência afirmou que considera a homenagem “uma ideia formidável”: “Fico impressionada. Mais de 30 anos depois da morte de minha mãe, ela continua sendo lembrada por festivais, bibliotecas, escolas e outras instituições relacionadas à literatura. Acho essa homenagem bela e justa”, completa.

O legado de Cora Coralina será relembrado em diversas atividades durante a 6ª edição do FLIV. Entre elas está a exposição “Cora Coralina: Coração do Brasil", organizada pelo Museu Casa de Cora Coralina, de Goiás, reinaugurado em março deste ano. Com projeto expográfico do Media Lab/UFG - Universidade Federal de Goiás e colaboração do Museu Municipal "Edward Coruripe Costa", a mostra procura apresentar ao público o modo de vida de Cora e apresentar a poesia num espaço moderno e interativo.

De acordo com o professor Cleomar Rocha, um dos responsáveis pela exposição, o projeto “retoma a ideia de que a poesia está nas paredes, na água da bica, na fumaça do fogão onde Cora fazia seus doces”. A obra da poetisa também será tema de atrações como o bate-papo com os autores Jean Garfunkel e Penélope Martins, que homenageiam a escritora, no dia 23; e as intervenções poéticas do grupo Prana Teatro de Animação, que se apresenta nos dias 26 e 27.

O festival 

Todas as atividades do FLIV – Festival Literário de Votuporanga são gratuitas e abertas ao público. Estima-se que mais de 80 mil pessoas passem pelos ambientes do evento, montado num espaço de 105 mil m², dentro do Parque da Cultura, em Votuporanga.

Em 2016, o FLIV terá sua maior edição, com mais de 160 atividades, divididas em nove dias de programação, contabilizando cerca de 125 horas gratuitas de promoção à cultura, com foco no incentivo à leitura junto ao público infanto-juvenil.

Entre as principais atrações desta edição, estão as apresentações da Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins, e de grupos musicais como Pato Fu e Funk Como Le Gusta, além da presença de grandes nomes da literatura nacional, como Ignácio de Loyola Brandão, Marcia Tiburi e Lourenço Mutarelli.

O FLIV é realizado pelo Ministério da Cultura, Instituto Comuna, Prefeitura de Votuporanga e Governo do Estado com patrocínios oficiais do Guaraná Antarctica e Elektro pela Lei de Incentivo à Cultura e Proac/SP – Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo. E os apoiadores Grupo HSA, Senac, Abaçaí Organização Social de Cultura, Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura; Projeto Ademar Guerra; OC Oficinas Culturais, Apaa – Associação Paulista dos Amigos da Arte; Sesc 70 anos; Unifev; Museu Casa de Cora Coralina; Media Lab/UFG e Sesi/SP. Promoção, TV TEM. Mais informações pelo www.flivotuporanga.com.br 

18/10/16

Estrutura do FLIV começa a ser montada no Parque da Cultura

Uma das grandes novidades do 6º Festival Literário de Votuporanga - FLIV 2016 é o local onde o evento será realizado. Com mais de 105 mil m², o Parque da Cultura foi escolhido para sediar a maior edição do festival. A programação começa na sexta e segue até o dia 29 de outubro.

A estrutura começou a ser montada no último sábado (15). Serão mais de 10 espaços para cerca de 160 atividades abertas a todo o público. Dentro do Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” está em finalização a montagem da biblioteca, museu e outros ambientes que serão palco de grande parte da programação do FLIV, como o Cine FLIV e rodas de conversa com escritores. O local será inaugurado pela Prefeitura de Votuporanga nesta sexta-feira, na noite de abertura do festival.

“Como o Parque da Cultura é bem amplo e já reúne naturalmente centenas de famílias, a expectativa é um público bem maior que nos anos anteriores e ainda devemos ter a vinda de pessoas de mais de 40 municípios da nossa região”, conta a organizadora do evento, Cibeli Moretti.

Com 400 m², o “Galpão FLIV” terá o principal objetivo de abrigar atividades voltadas ao público infantil. Estima-se que mais de 15 mil crianças de escolas da região Noroeste Paulista visitem o espaço em caravanas cedidas pelos municípios. Elas serão recebidas com contação de histórias, músicas, brincadeiras circenses e apresentações teatrais. Toda a tenda terá uma decoração especial com tapetes, puffs e uma colorida cenografia.

Numa outra tenda de 300m², próxima ao Galpão, estarão as livrarias Saraiva, Premier e Espaço com comercialização de livros. As crianças terão prateleiras específicas com obras da literatura infantil. Os títulos de Cora Coralina, a escritora homenageada desta edição, também estarão à venda.

Os shows da Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins (dia21), Pato Fu (dia 22) e Funk Como Le Gusta (dia 29) serão no palco principal de 150 m² montado ao ar livre, às margens da represa do Parque. Haverá ainda praça de alimentação, brinquedoteca e Feira do Artesanato com peças produzidas por artesãos votuporanguenses e de entidades assistenciais, além de diversos ambientes para peças de teatro e espetáculos musicais e circenses.

Horário

As atividades do FLIV serão desenvolvidas entre 21 e 29 de outubro, das 8h às 22 horas. Escolas interessadas em agendar visitas devem ligar para 17.30468061.

Sobre o FLIV

O Festival Literário deVotuporanga – FLIV é considerado o maior evento multicultural gratuito doEstado de São Paulo. De 21 a 29 de outubro, terá a sua maior edição no Parqueda Cultura com nove dias de atividades gratuitas abertas ao público, contabilizando cerca de 125 horas gratuitas de promoção à cultura, com foco no incentivo à leitura junto ao público infanto-juvenil, na faixa etária de 6 a 14 anos. Entre as principais atrações desta edição, estão a presença da filha de Cora Coralina, Vicência Bretas, e de escritores como Ignácio de Loyola Brandão, Marcia Tiburi e Lourenço Mutarelli. Em cinco edições, o festival registrou mais de 230 mil visitantes de 40 municípios do interior paulista. Saiba mais em www.flivotuporanga.com.br ou no facebook.com.br/flivotuporanga

Organização

O FLIV 2016 é realizado pelo Ministério da Cultura, Instituto Comuna, Prefeitura de Votuporanga e Governo do Estado com patrocínios oficiais do Guaraná Antartica e Elektro pela Lei de Incentivo à Cultura e Proac/SP – Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo. E os apoiadores Grupo HSA, Senac, Abaçaí Organização Social de Cultura, Poiesis– Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura; Projeto Ademar Guerra; OC Oficinas Culturais, Apaa – Associação Paulista dos Amigos da Arte; Sesc 70anos; Unifev; Museu Casa de Cora Coralina; Media Lab/UFG e Sesi/SP. Promoção, TV TEM.  

11/10/16

FLIV terá shows de Funk Como Le Gusta, Pato Fu e Orquestra Bachiana

A programação da 6ª edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga está repleta de novidades. Entre os principais destaques deste ano estão as atrações musicais que passam pelo palco do festival, que acontece entre os dias 21 e 29 de outubro, no Parque da Cultura.

Além das apresentações da Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP, sob a regência do maesto João Carlos Martins, no dia 21, e da banda mineira Pato Fu, no dia 22, o grupo paulistano Funk Como Le Gusta fará um show no dia 29, encerrando a programação do evento. Todos os shows terão início às 21 horas.

Funk Como Le Gusta
Composta por músicos e produtores influentes na cena musical paulistana, a banda Funk Como Le Gusta foi criada no final da década de 1990 e aposta na união de ritmos como o samba, o jazz e a música latina. Com quatro discos gravados, “Roda de Funk” (1999), “FCLG” (2004), “A Cura Pelo Som” (2011) e “A Nave Mãe Segue Viagem” (2015), o grupo adquiriu sucesso e respeito da crítica e do público, apresentando o que há de mais moderno e autêntico na atualidade e consolidando seu nome no cenário da música brasileira contemporânea.

Maestro João Carlos Martins
Considerado um dos maiores intérpretes da obra do compositor alemão Johann Sebastian Bach, João Carlos Martins construiu uma sólida carreira como pianista, se apresentando em diversos países ao redor do mundo. Desde 2002, quando abandonou os palcos como instrumentista devido a problemas físicos, João Carlos tem canalizado sua paixão para a regência. Hoje, aos 75 anos, dirige a Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP, formada por jovens e também por experientes instrumentistas de diversas idades. A orquestra, composta por 65 músicos, contribui para a formação de talentos e abre diversas oportunidades para profissionais, levando a música erudita a milhares de brasileiros.

Pato Fu
Formado por Fernanda Takai, John Ulhoa, Ricardo Koctus, Lulu Camargo, Glauco Mendes e Aluízer Malab, o Pato Fu nasceu em 1992, em Belo Horizonte. Consolidado no cenário independente do rock nacional, o grupo foi considerado pela revista Time, como uma das dez melhores bandas do mundo fora dos Estados Unidos, ao lado de nomes como U2 e Radiohead. 
Além de composições originais, conhecidas pelos arranjos inovadores e pelas letras irreverentes, o Pato Fu também apresenta releituras de canções famosas, como “Ando Meio Desligado”, gravada originalmente pelo grupo Os Mutantes.

O festival
Tendo como um dos principais objetivos o incentivo à leitura junto ao público infanto-juvenil, o FLIV contará também com sessões de contação de histórias, bate-papos com escritores, espetáculos teatrais, entre outras atrações.

Grandes nomes da literatura brasileira, como Ignácio de Loyola Brandão, Marcia Tiburi e Lourenço Mutarelli já confirmaram presença nesta edição, que tem como autora homenageada a escritora goiana Cora Coralina, uma das mais renomadas poetisas do país.

Em 2016, o FLIV se firma como o maior evento multicultural gratuito do Estado de São Paulo, com mais de 160 atividades, divididas em nove dias de programação, contabilizando cerca de 125 horas gratuitas de promoção à cultura.

FLIV 2016 - O FLIV é realizado pelo Ministério da Cultura, Instituto Comuna, Prefeitura de Votuporanga e Governo do Estado com patrocínios oficiais da Guaraná Antarctica e Elektro pela Lei de Incentivo à Cultura e Proac/SP – Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo. E os apoiadores Grupo HSA, Senac, Abaçaí Organização Social de Cultura, Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura; Projeto Ademar Guerra; OC Oficinas Culturais, Apaa – Associação Paulista dos Amigos da Arte; Sesc 70 anos; Unifev; Museu Casa de Cora Coralina; Media Lab/UFG e Sesi/SP. Promoção, TV TEM.

11/10/16

Escolas podem agendar visitas ao FLIV 2016

Faltam dez dias para a 6ª edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga. O evento será realizado entre os dias 21 e 29 de outubro, no Parque da Cultura, e conta com uma intensa programação de contação de histórias, encontros com escritores, espetáculos teatrais e muitas outras atividades de promoção à cultura.

Como um dos principais objetivos é o incentivo à leitura entre o público infanto-juvenil, a organização montou um esquema especial de recepção às caravanas de escolas da cidade e da região.

Segundo a organizadora Cibeli Moretti, o evento desperta grande interesse de estudantes e professores, “porque incentiva, de uma maneira lúdica, o interesse pela escrita e pela leitura, complementando os conhecimentos adquiridos em sala de aula”.

Neste ano, o FLIV homenageia a escritora Cora Coralina, uma das mais importantes autoras da literatura brasileira. O legado da poetisa será relembrado em diversas atividades durante o festival e a expectativa é de que as sessões de contação de histórias e a exibição de filmes sejam as mais procuradas entre o público infantil.

O agendamento deve ser feito pelo telefone (17) 3046-8061 ou (17) 99634-9146, com Allana.

FLIV 2016 - O FLIV é realizado pelo Ministério da Cultura, Instituto Comuna, Prefeitura de Votuporanga e Governo do Estado com patrocínios oficiais da Guaraná Antarctica e Elektro pela Lei de Incentivo à Cultura e Proac/SP – Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo. E os apoiadores Grupo HSA, Senac, Abaçaí Organização Social de Cultura, Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura; Projeto Ademar Guerra; OC Oficinas Culturais, Apaa – Associação Paulista dos Amigos da Arte; Sesc 70 anos; Unifev; Museu Casa de Cora Coralina; Media Lab/UFG e Sesi/SP. Promoção, TV TEM.

07/10/16

FLIV reúne imprensa para divulgar atrações da edição 2016

A organização do FLIV –Festival Literário de Votuporanga reuniu a imprensa na tarde desta sexta-feira(07/10), no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”, a fim de divulgar a programação da 6ª edição do evento, que acontece entre os dias 21 e 29 de outubro, no Parque da Cultura.

A coletiva contou com a participação do prefeito Junior Marão; da secretária municipal de Cultura eTurismo, Silvia Stipp; da organizadora do festival, Cibeli Moretti; do Fábio Costa, especialista institucional da Elektro; e da gerente da unidade votuporanguense do Senac, Eliane Godoi, escolhida como patronesse desta edição do FLIV.

Neste ano, o festival se firma como o maior evento multicultural gratuito do Estado de São Paulo, com mais de 160 atividades, divididas em nove dias de programação, contabilizando cerca de 125 horas gratuitas de promoção à cultura. O evento ocupará uma área de 105 mil m², com mais de 10 ambientes abertos ao público, incluindo um “food park”, que receberá trailers gastronômicos.

Entre as atrações, estão as apresentações da Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins, e de grupos musicais como Pato Fu e Funk Como Le Gusta, além da presença de grandes nomes da literatura nacional, como Ignácio de Loyola Brandão, Marcia Tiburi e Lourenço Mutarelli. 

03/10/16

Projetos aprovados - Chamamento para artistas locais - Fliv 2016

Por ordem alfabética:

 

Proponente: Alexandro Barboza André

Projeto: “Escambo”

 

Proponente: Cecília Reis Araújo da Silva

Projeto: “Viagem Musical”

 

Proponente: Esmeraldina Reis de Araújo

Projeto: “A Pisadeira”

 

Proponente: Hemer Roger dos Santos Martin

Projeto: “JAM do Asfalto”

 

Proponente: José Cassio A. Jaber Filho

Projeto: “Antônio Brasileiro: Especial Tom Jobim”

 

Proponente: José Maurício Fuscaldo Filho

Projeto: “3 do FOLKABILLY”

 

Proponente: Marcelo Manoel da Silva

Projeto: “Symphonic Rock”


A comissão de seleção priorizou critérios como: inovação artística e conceitual do projeto, adequação aos segmentos artísticos propostos pelo edital, qualidade técnica e artística, criatividade e objetividade do projeto e viabilidade de acordo com os espaços disponíveis.


Para contratação e posteriormente apresentação no Fliv 2016, o projeto, mesmo que aprovado, ainda dependem de adequação orçamentária e disponibilidade nas datas sugeridas pela organização do Festival. A organização do Fliv 2016 entrará em contato com os proponentes para prestar os esclarecimentos necessários.

27/09/16

FLIV abre inscrições para voluntários

Será possível atuar como voluntário nas atividades desenvolvidas durante a 6ª edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga, que acontece entre os dias 21 e 29 de outubro, no Parque da Cultura.

A organização do evento receberá, até a próxima sexta-feira (07/10), os currículos dos interessados. Entre as funções disponíveis estão atendimento ao público, apoio operacional, monitoramento e guia de visitas.

É preciso ter acima de 18 anos e, de preferência, alguma experiência na área de pedagogia, atendimento a crianças ou produção de eventos.

Os voluntários serão distribuídos em três períodos de trabalho: das 7h às 12h; das 12h às 17h; e das 17h às 22h. A organização custeará o lanche da equipe e todos receberão certificados.

Interessados devem entregar o currículo na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Votuporanga (Av. dos Bancários, nº 3299, Vale do Sol), das 7h30 às 17h, para Cibeli Moretti. Para mais informações, o telefone para contato é o (17) 3421-8218.

O FLIV

A 6ª edição do Festival Literário de Votuporanga – FLIV 2016 será no Parque da Cultura, entre os dias 21 e 29 de outubro, com uma extensa programação aberta a todos os públicos e com foco no estímulo à leitura e incentivo às atividades culturais. O festival votuporanguense é um evento multicultural considerado um dos mais importantes do Estado. A edição deste ano homenageará a poetisa Cora Coralina e tem como patronesse Eliane Godoi, grande apoiadora do evento em Votuporanga e secretária municipal da Educação, Cultura e Turismo no período de criação do festival, em 2011. A organização do FLIV é do Instituto Comuna e Prefeitura, tem o patrocínio da Elektro, através do ProAC-ICMS – Programação de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo, e conta com apoio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa), da Abaçaí Cultura e Arte (Organização Social de Cultura), Poiesis (Organização Social de Cultura); do SESCOOP/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) e SESI-SP (Serviço Social da Indústria).

Acompanhe novidades e mais informações pelo site http://www.flivotuporanga.com.br/ ou no https://www.facebook.com/flivotuporanga

26/09/16

FLIV 2016 recebe inscrição de 11 projetos artísticos

Foram recebidos 11 projetos artísticos para o desenvolvimento de atividades de Teatro de Rua, Contação de Histórias, Música e Circo, durante a 6ª edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga, que acontece entre os dias 21 e 29 de outubro, no Parque da Cultura.

Os projetos foram encaminhados para Secretaria Municipal da Cultura e Turismo de Votuporanga, entre os dias 16 e 23 de setembro, e pertencem exclusivamente a artistas locais. A lista dos selecionados para o evento será divulgada na próxima segunda-feira (03/10).

O chamamento, neste ano, feito apenas aos artistas da cidade, visa ampliar a possibilidade de participação para novos grupos e novas produções.


Confira a lista de projetos inscritos para o FLIV 2016:

 1. Proponente: Maykol Douglas Oliveira Cruz

Projeto: “Dança dos Games”

 

2. Proponente: Luciene Monteiro

Projeto: “Quero ser Cora Coralina”

 

3. Proponente: Hemer Roger dos Santos Martin

Projeto: “JAM do Asfalto”

 

4. Proponente: Marcelo Manoel da Silva

Projeto: “Symphonic Rock”

 

5. Proponente: José Cassio A. Jaber Filho

Projeto: “Antônio Brasileiro: Especial Tom Jobim”

 

 6. Proponente: José Maurício Fuscaldo Filho

Projeto: “3 do FOLKABILLY”

 

 7. Proponente: Amadeu Emilio Del Álamo

Projeto: “Amadeu Álamo”

 

 8. Proponente: Alexandro Barboza André

Projeto: “Escambo”

 

9. Proponente: Fábio Henrique Jacintho da Silvia

Projeto: “Som da Alma”

 

 10. Proponente: Cecília Reis Araújo da Silva

Projeto: “Viagem Musical”

 

 11. Proponente: Esmeraldina Reis de Araújo

Projeto: “A Pisadeira”

 

O FLIV

A 6ª edição do Festival Literário de Votuporanga –FLIV 2016 será no Parque da Cultura, entre os dias 21 e 29 de outubro, com uma extensa programação aberta a todos os públicos e com foco no estímulo à leitura e incentivo às atividades culturais. O festival votuporanguense é um evento multicultural considerado um dos mais importantes do Estado. A edição deste ano homenageará a poetisa Cora Coralina e tem como patronesse Eliane Godoi, grande apoiadora do evento em Votuporanga e secretária municipal da Educação, Cultura e Turismo no período de criação do festival, em 2011. A organização do FLIV é do Instituto Comuna e Prefeitura, tem o patrocínio da Elektro, através do ProAC-ICMS – Programação de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo, e conta com apoio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa), da Abaçaí Cultura e Arte (Organização Social de Cultura), Poiesis (Organização Social de Cultura); do SESCOOP/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) e SESI-SP (Serviço Social da Indústria).

 

Acompanhe novidades e mais informações pelo site http://www.flivotuporanga.com.br/ ouno https://www.facebook.com/flivotuporanga