Novidades

Encerramento do FLIV é marcado por cerimônia de casamento

Após nove dias de uma intensa programação, o Festival Literário de Votuporanga – FLIV terminou neste domingo (27/10) com um momento bastante inusitado. Os artistas votuporanguenses Ticko Bboy e Vitória Gabriela Rapassi casaram-se numa cerimônia realizada por um pastor durante o pôr do sol, embaixo da árvore de corações, do Parque da Cultura. A celebração reuniu os familiares do casal e também dezenas de curiosos, visitantes do festival.

A entrada de Vitória foi acompanhada pela marcha nupcial executada em flauta pelo maestro Mazinho, da Orquestra Projeto Sinfônico da Secretaria de Cultura e Turismo.

A ideia surgiu ainda na organização do Festival Literário, quando Ticko Bboy mencionou para a secretária de Cultura e Turismo Silvia Stipp e para a diretora de Cultura Marinês Manhani de Lima que se casaria no dia 14 de dezembro (data oficial escolhida pelo casal). “Eles sempre participam do nosso festival e se dedicam muito à nossa programação. Pela dança, eles construíram essa linda história. Então, achamos muito justa e pertinente a escolha deste espaço para celebrarem o amor”, comemorou Silvia.

 Os dois estão juntos desde 2012. “Aqui tem tudo o que nós gostamos e foi lindo, realmente combinou com a nossa história”, comentou Ticko Bboy, de 37 anos, ao lado da noiva emocionada, de 25 anos de idade. Os pais de Vitória também participaram do FLIV com uma loja de decoração e presentes.

A celebração, inicialmente prevista para 14 de dezembro, será mantida com um grande evento realizado para amigos e familiares.

A maior edição da história

O Festival Literário de Votuporanga encerrou a programação neste domingo (27/10), com recorde de atividades promovidas. Durante nove dias, a programação contou com mais de 450 ações, que aconteceram em 17 espaços preparados para o evento, no Parque da Cultura “Profª Adoração Esteves Garcia Hernandez”. Centenas de pessoas, de escolas e entidades da cidade e região visitaram o evento e aproveitaram cada momento de oficinas, exposições, contações de histórias, parada poética, filmes, atividades recreativas, intervenções, espetáculos teatrais e bate-papo com escritores.

Pela primeira vez, o Festival homenageou duas escritoras. Maria Valéria Rezende, que lançou o seu primeiro livro às vésperas de completar 60 anos, participou de um bate-papo com os leitores e admiradores de suas obras, que já ganharam diversos prêmios como Jabuti e Casa de Las Américas, na segunda-feira (21/10). Alguns de seus trabalhos inspiraram nomes de espaços do evento. Já Paula Pimenta, considerada como uma das principais escritoras infantojuvenil do Brasil, esteve em Votuporanga na sexta-feira (25/10).

Durante toda a semana, o público pode conversar com escritores. Foram seis dias de bate-papo, incluindo encontros, além das escritoras homenageadas, com o cartunista Caco Galhardo, Thiago Souto, Raphael Montes e Rodrigo Ciríaco. As conversas foram mediadas pelo curador do FLIV 2019, Pierre Ruprecht. No domingo (27/10), foi a vez dos escritores de Votuporanga e região lançarem suas obras e conversar com os leitores, num encontro mediado por Reynaldo Damázio, coordenador do Centro de Apoio ao Escritor – CAE, do MuseuCasa das Rosas.

Além das contações de histórias e da atração que recebeu as crianças durante toda a semana, a programação contou com oficinas de HQ e Maker, além de artesanato, atividades recreativas, batalhas de poesias, jogos, aulas livres de dança, exposições “Breu”, “Poesia de Ver”, “Litterarum Amor” e “Retrospectiva Natanael Longo” e lançamento de livros. Alunos e professores da Unifev promoveram diversas intervenções, incluindo atividades dos cursos de arquitetura e urbanismo, fisioterapia, medicina, nutrição e psicologia.

Atrações também envolveram crianças com idades entre zero e quatro anos de idade. Entre elas, contações de histórias, oficinas de musicalidade brincante e construção de fantoche, promovidas no espaço da Primeiríssima Infância, que este ano ganhou o nome de “Mundo Encantado”.

Passaram pelo palco principal do Parque da Cultura, os cantores Paula Lima e Rubel, além do grupo de música raiz do Conservatório de Tatuí, Coral Canto Livre da Secretaria de Cultura e Turismo de Votuporanga e o espetáculo “Oi, Lá Inezita”. Todas as noites, a programação foi animada por grupos de Votuporanga, no “Sarau Cultural”, promovido no “Vasto Mundo – Galpão Principal”.

“Já estamos pensando na programação que marcará a décima edição do Festival Literário de Votuporanga, que tem entre as missões, desde o seu primeiro ano, despertar o interesse pela leitura e informação. O FLIV é destaque nacional, por conseguir abranger várias linguagens e para todas as idades”, comemorou a secretária de Cultura e Turismo de Votuporanga, Silvia Stipp.

 Heróis do FLIV

A emoção também marcou um dos dias do Festival Literário de Votuporanga, que reconheceu a boa atuação de diversos profissionais que buscaram acalmar e dar segurança para as crianças que participavam da programação do FLIV, durante o temporal que atingiu a cidade no dia 21 de outubro, com ventos que chegaram a 80 km/h.

O bombeiro Robertt Allan Moreto de Oliveira, palhaço da Cia. Aliteatro, Marinês Manhani de Lima, diretora do Departamento de Cultura, da Secretaria de Cultura e Turismo de Votuporanga, a servidora da Secretaria de Cultura e Turismo Adriana Gereiz, os artistas Ticko BBoy, Álvaro Rovares e Letícia Mirele, a servidora Maria Madalena Moreira, além de 56 professores, técnicos e estagiários da Secretaria Municipal da Educação, bombeiros, agentes de trânsito, profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu e brigadistas, receberam o título de “Heróis do FLIV”.

FLIV 2019

O 9º Festival Literário de Votuporanga – FLIV 2019, de 19 a 27 de outubro, foi uma realização do Ministério da Cidadania, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Prefeitura de Votuporanga. Recebe o apoio da Lei de Incentivo à Cultura e do Programa de Ação Cultural - PROAC. Tem o patrocínio das empresas Sabesp, Ambev e Facchini e o Co-Patrocínio da Levity, Unifev e Itamarati. As empresas apoiadoras do FLIV são Cantoia Figueiredo, Básica, Porecatu Supermercados, Converd, Fiorilli Software, BIM Ferro Velho São Paulo e Kopenhagen. Conta com a colaboração da Casa das Rosas, Pontos MIS e SP Leituras, a promoção da TV TEM e execução da Associação Paulista de Amigos da Arte – APAA. Acompanhe mais informações em www.flivotuporanga.com.br ou nas redes sociais @flivotuporanga

Guia

  • Agência Bancária
  • Farmácia/Drogaria
  • Hotéis
  • Imobiliárias
  • Lanchonete
  • Pizzaria
  • Ponto de Táxi
  • Restaurante
  • Serviço Médico
  • Postos de Combustível
  • Transporte
  • Emergência