NOVIDADES

10/08/14

Poesias ao pé do ouvido no Fliv

“Poemas Sussurrados” ocorreu no calçadão da Concha Acústica e na Praça da Matriz, no feriado municipal de aniversário da cidade

De maneira intimista, a artista Renata Roman sussurra, ao som de sua caixinha de música, uma poesia aos ouvidos atentos de uma criança, como se contasse um segredo. De olhos fechados, a expressão da criança se transforma à medida que o poema é recitado. Ao término, vem o sorriso de satisfação.
Esta cena se repetiu inúmeras vezes na intervenção poética itinerante “Poemas Sussurrados”, que ocorreu no calçadão da Concha Acústica e na Praça da Matriz, dia 8 de agosto, feriado municipal de aniversário da cidade, como parte a programação do Fliv – Festival Literário de Votuporanga.
Segundo a artista, a atividade proporciona o contato direto com a poesia de maneira diferenciada, por meio da experiência sensorial que a escuta proporciona. “Meu objetivo é que as pessoas possam se interessar pela poesia. Quando eu sussurro um poema, a pessoa o percebe de um modo diferente”, contou Renata.
No sábado, dia 9 de agosto, Renata Roman estará de volta ao centro de Votuporanga, a partir das 14h, para mais um “Poemas Sussurrados”.

4º FESTIVAL LITERÁRIO DE VOTUPORANGA
De 1º a 10 de agosto