Novidades

07/10/16

FLIV reúne imprensa para divulgar atrações da edição 2016

A organização do FLIV –Festival Literário de Votuporanga reuniu a imprensa na tarde desta sexta-feira(07/10), no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”, a fim de divulgar a programação da 6ª edição do evento, que acontece entre os dias 21 e 29 de outubro, no Parque da Cultura.

A coletiva contou com a participação do prefeito Junior Marão; da secretária municipal de Cultura eTurismo, Silvia Stipp; da organizadora do festival, Cibeli Moretti; do Fábio Costa, especialista institucional da Elektro; e da gerente da unidade votuporanguense do Senac, Eliane Godoi, escolhida como patronesse desta edição do FLIV.

Neste ano, o festival se firma como o maior evento multicultural gratuito do Estado de São Paulo, com mais de 160 atividades, divididas em nove dias de programação, contabilizando cerca de 125 horas gratuitas de promoção à cultura. O evento ocupará uma área de 105 mil m², com mais de 10 ambientes abertos ao público, incluindo um “food park”, que receberá trailers gastronômicos.

Entre as atrações, estão as apresentações da Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins, e de grupos musicais como Pato Fu e Funk Como Le Gusta, além da presença de grandes nomes da literatura nacional, como Ignácio de Loyola Brandão, Marcia Tiburi e Lourenço Mutarelli. 

03/10/16

Projetos aprovados - Chamamento para artistas locais - Fliv 2016

Por ordem alfabética:

 

Proponente: Alexandro Barboza André

Projeto: “Escambo”

 

Proponente: Cecília Reis Araújo da Silva

Projeto: “Viagem Musical”

 

Proponente: Esmeraldina Reis de Araújo

Projeto: “A Pisadeira”

 

Proponente: Hemer Roger dos Santos Martin

Projeto: “JAM do Asfalto”

 

Proponente: José Cassio A. Jaber Filho

Projeto: “Antônio Brasileiro: Especial Tom Jobim”

 

Proponente: José Maurício Fuscaldo Filho

Projeto: “3 do FOLKABILLY”

 

Proponente: Marcelo Manoel da Silva

Projeto: “Symphonic Rock”


A comissão de seleção priorizou critérios como: inovação artística e conceitual do projeto, adequação aos segmentos artísticos propostos pelo edital, qualidade técnica e artística, criatividade e objetividade do projeto e viabilidade de acordo com os espaços disponíveis.


Para contratação e posteriormente apresentação no Fliv 2016, o projeto, mesmo que aprovado, ainda dependem de adequação orçamentária e disponibilidade nas datas sugeridas pela organização do Festival. A organização do Fliv 2016 entrará em contato com os proponentes para prestar os esclarecimentos necessários.

27/09/16

FLIV abre inscrições para voluntários

Será possível atuar como voluntário nas atividades desenvolvidas durante a 6ª edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga, que acontece entre os dias 21 e 29 de outubro, no Parque da Cultura.

A organização do evento receberá, até a próxima sexta-feira (07/10), os currículos dos interessados. Entre as funções disponíveis estão atendimento ao público, apoio operacional, monitoramento e guia de visitas.

É preciso ter acima de 18 anos e, de preferência, alguma experiência na área de pedagogia, atendimento a crianças ou produção de eventos.

Os voluntários serão distribuídos em três períodos de trabalho: das 7h às 12h; das 12h às 17h; e das 17h às 22h. A organização custeará o lanche da equipe e todos receberão certificados.

Interessados devem entregar o currículo na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Votuporanga (Av. dos Bancários, nº 3299, Vale do Sol), das 7h30 às 17h, para Cibeli Moretti. Para mais informações, o telefone para contato é o (17) 3421-8218.

O FLIV

A 6ª edição do Festival Literário de Votuporanga – FLIV 2016 será no Parque da Cultura, entre os dias 21 e 29 de outubro, com uma extensa programação aberta a todos os públicos e com foco no estímulo à leitura e incentivo às atividades culturais. O festival votuporanguense é um evento multicultural considerado um dos mais importantes do Estado. A edição deste ano homenageará a poetisa Cora Coralina e tem como patronesse Eliane Godoi, grande apoiadora do evento em Votuporanga e secretária municipal da Educação, Cultura e Turismo no período de criação do festival, em 2011. A organização do FLIV é do Instituto Comuna e Prefeitura, tem o patrocínio da Elektro, através do ProAC-ICMS – Programação de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo, e conta com apoio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa), da Abaçaí Cultura e Arte (Organização Social de Cultura), Poiesis (Organização Social de Cultura); do SESCOOP/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) e SESI-SP (Serviço Social da Indústria).

Acompanhe novidades e mais informações pelo site http://www.flivotuporanga.com.br/ ou no https://www.facebook.com/flivotuporanga

26/09/16

FLIV 2016 recebe inscrição de 11 projetos artísticos

Foram recebidos 11 projetos artísticos para o desenvolvimento de atividades de Teatro de Rua, Contação de Histórias, Música e Circo, durante a 6ª edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga, que acontece entre os dias 21 e 29 de outubro, no Parque da Cultura.

Os projetos foram encaminhados para Secretaria Municipal da Cultura e Turismo de Votuporanga, entre os dias 16 e 23 de setembro, e pertencem exclusivamente a artistas locais. A lista dos selecionados para o evento será divulgada na próxima segunda-feira (03/10).

O chamamento, neste ano, feito apenas aos artistas da cidade, visa ampliar a possibilidade de participação para novos grupos e novas produções.


Confira a lista de projetos inscritos para o FLIV 2016:

 1. Proponente: Maykol Douglas Oliveira Cruz

Projeto: “Dança dos Games”

 

2. Proponente: Luciene Monteiro

Projeto: “Quero ser Cora Coralina”

 

3. Proponente: Hemer Roger dos Santos Martin

Projeto: “JAM do Asfalto”

 

4. Proponente: Marcelo Manoel da Silva

Projeto: “Symphonic Rock”

 

5. Proponente: José Cassio A. Jaber Filho

Projeto: “Antônio Brasileiro: Especial Tom Jobim”

 

 6. Proponente: José Maurício Fuscaldo Filho

Projeto: “3 do FOLKABILLY”

 

 7. Proponente: Amadeu Emilio Del Álamo

Projeto: “Amadeu Álamo”

 

 8. Proponente: Alexandro Barboza André

Projeto: “Escambo”

 

9. Proponente: Fábio Henrique Jacintho da Silvia

Projeto: “Som da Alma”

 

 10. Proponente: Cecília Reis Araújo da Silva

Projeto: “Viagem Musical”

 

 11. Proponente: Esmeraldina Reis de Araújo

Projeto: “A Pisadeira”

 

O FLIV

A 6ª edição do Festival Literário de Votuporanga –FLIV 2016 será no Parque da Cultura, entre os dias 21 e 29 de outubro, com uma extensa programação aberta a todos os públicos e com foco no estímulo à leitura e incentivo às atividades culturais. O festival votuporanguense é um evento multicultural considerado um dos mais importantes do Estado. A edição deste ano homenageará a poetisa Cora Coralina e tem como patronesse Eliane Godoi, grande apoiadora do evento em Votuporanga e secretária municipal da Educação, Cultura e Turismo no período de criação do festival, em 2011. A organização do FLIV é do Instituto Comuna e Prefeitura, tem o patrocínio da Elektro, através do ProAC-ICMS – Programação de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo, e conta com apoio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa), da Abaçaí Cultura e Arte (Organização Social de Cultura), Poiesis (Organização Social de Cultura); do SESCOOP/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) e SESI-SP (Serviço Social da Indústria).

 

Acompanhe novidades e mais informações pelo site http://www.flivotuporanga.com.br/ ouno https://www.facebook.com/flivotuporanga


20/09/16

Escritores podem enviar textos para caderno do FLIV

A sexta edição do Festival Literário de Votuporanga - FLIV 2016 abrirá nesta quarta-feira (21/9) as inscrições para escritores que queiram ter seus textos publicados no caderno de programação do evento. Interessados podem enviar seus materiais de 21 a 27 de setembro para o e-mail fliv@flivotuporanga.com.br.

É preciso enviar um texto (na íntegra ou trecho) nos gêneros conto e crônica (com até 2.300 caracteres com espaços) ou poema (em até 46 versos), com nome completo e telefone para contato. O escritor deve ser de Votuporanga ou das cidades vizinhas. A organização analisará e selecionará os textos mais representativos para integrar os milhares de cadernos de programação que serão distribuídos no festival.

FLIV

A 6ª edição do Festival Literário de Votuporanga – FLIV 2016 será no Parque da Cultura, entre os dias 21 e 29 de outubro, com uma extensa programação aberta a todos os públicos e com foco no estímulo à leitura e incentivo às atividades culturais. O festival votuporanguense é um evento multicultural considerado um dos mais importantes do Estado.

A edição deste ano homenageará a poetisa Cora Coralina e tem como patronesse Eliane Godoi, grande apoiadora do evento em Votuporanga e secretária municipal da Educação, Cultura e Turismo no período de criação do festival, em 2011.

A organização do FLIV é do Instituto Comuna e Prefeitura, tem o patrocínio da Elektro, através do ProAC-ICMS – Programação de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo, e conta com apoio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa), da Abaçaí Cultura e Arte (Organização Social de Cultura), Poiesis (Organização Social de Cultura); do SESCOOP/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) e SESI-SP (Serviço Social da Indústria).

Acompanhe novidades e mais informações pelo site http://www.flivotuporanga.com.br ou no facebook.com/flivotuporanga

15/09/16

Artistas podem inscrever projetos no FLIV

Artistas que queiram desenvolver atividades de Teatro de Rua, Contação de Histórias, Música e Circo, podem se inscrever a partir desta sexta-feira (16/9) para o FLIV – Festival Literário de Votuporanga, que será de 21 a 29 de outubro, no Parque da Cultura. Os projetos devem ser entregues em envelope lacrado e identificado com etiqueta padrão do Festival até o dia 23 desetembro, na Secretaria Municipal da Cultura e Turismo do município.

Não há limite de projetos inscritos por participante, mas apenas um projeto de cada artista será selecionado. A apresentação não poderá ter duração inferior a 30 minutos. 

“Essa é uma oportunidade para que os artistas da cidade mostrem os seus trabalhos e contribuam com suas produções na construção da programação do Festival. Sobre os projetos, o tema é livre, mas daremos prioridade para aqueles que estejam relacionados com a homenageada desta edição, a escritora Cora Coralina”, comentou Cibeli Moretti, coordenadora do FLIV.

Os selecionados deverão ter disponibilidade para trabalhar entre os dias 22 e 29 de outubro de 2016, para um público heterogêneo e volumoso podendo chegar a 600 pessoas por sessão, em horários previamente acordados, que deverão acontecer entre 7h30 e 22h. Os projetos escolhidos serão divulgados no dia 3 de outubro. 

Confira o regulamento completo!

O FLIV

A 6ª edição do Festival Literário de Votuporanga – FLIV 2016 será no Parque da Cultura, entre os dias 21 e 29 de outubro, com uma extensa programação aberta a todos os públicos e com foco no estímulo à leitura e incentivo às atividades culturais. O festival votuporanguense é um evento multicultural considerado um dos mais importantes do Estado. A edição deste ano homenageará a poetisa Cora Coralina e tem como patronesse Eliane Godoi, grande apoiadora do evento em Votuporanga e secretária municipal da Educação, Cultura e Turismo no período de criação do festival, em 2011. A organização do FLIV é do Instituto Comuna e Prefeitura, tem o patrocínio da Elektro, através do ProAC-ICMS – Programação de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo, e conta com apoio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa), da Abaçaí Cultura e Arte (OrganizaçãoSocial de Cultura), Poiesis (Organização Social de Cultura); do SESCOOP/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) e SESI-SP (Serviço Socialda Indústria).

Acompanhe novidades e mais informações pelo site http://www.flivotuporanga.com.br ouno facebook.com/flivotuporanga

29/08/16

FLIV promove curso de contação de histórias para educadores

O Festival Literário de Votuporanga – FLIV 2016 será de 21 a 29 de outubro, mas as atividades voltadas ao incentivo à leitura já vão começar. Nesta terça e quarta-feira (30 e 31), a famosa escritora, atriz e contadora de histórias Kiara Terra estará em Votuporanga para capacitar professores, atores e profissionais de contação de histórias.

As atividades serão no auditório do Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”, das 10 às 17 horas. Os participantes do curso farão, de maneira voluntária, sessões de contação de histórias para o público durante o FLIV.

A capacitação busca fortalecer o trabalho do educador-narrador com a palavra escrita e narrada. “Trabalhamos juntos para desenvolver em cada educador o melhor contador de histórias que ele podese tornar”, explica Kiara.

Conforme explica a coordenadora do FLIV, Cibeli Moretti, entre as propostas da atividade está a apresentação desse modelo inovador de educação. “Acreditamos que, por meio da contação de histórias para crianças, seja possível estimular a imaginação e a criatividade, assim como despertar a curiosidade pela leitura e a busca de conhecimento”, destaca Cibeli.

Na opinião da Secretária da Cultura e Turismo, Silvia Stipp, “sempre foi um desejo pensar no FLIV como um norteador para ações durante todo o ano, a exemplo da programação do FLIV Itinerante e agora com a formação ofertada pela Kiara, onde uma rede de pessoas capacitadas se torna multiplicadora de atuações ligadas a literatura”.

A atividade é uma realização do FLIV e da Prefeitura de Votuporanga, em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura e a Organização Social Poiesis, por intermédio da Oficina Cultural Fred Navarro.

Kiara Terra

Kiara Terra nasceu em São Paulo, formou-se emTeatro, no Célia Helena Centro de Artes e Educação, e em Comunicação das Artes do Corpo, na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Contadora de histórias desde 1998, Kiara também atua como escritora. Em 2009, lançou seu primeiro livro, “A Menina dos Pais-crianças”, ilustrado por Jean-Claude Ramos Alphen e publicado pela editora Ática. Atualmente, ela viaja o Brasil formando educadores.

Há 15 anos, Kiara criou um método de narração de histórias chamado “A História Aberta”, baseado em narrativas colaborativas, que acontecem com participação do público.

“Ela é presença constante nos melhores lugares com contação de histórias, seja nas unidades do Sesc, Centro Cultural Banco do Brasil, Centro Cultural São Paulo, Biblioteca de São Paulo, além de inúmeras conhecidas livrarias e eventos como Virada Cultural, Bienal do Livro, entre tantos outros”, afirma Carlos Yamaguchi, jornalista e espectador de Kiara Terra.

O FLIV

A 6ª edição do Festival Literário de Votuporanga – FLIV 2016 será no Parque da Cultura, entre os dias 21 e 29 de outubro, com uma extensa programação aberta a todos os públicos e com foco no estímulo à leitura e incentivo às atividades culturais. O festival votuporanguense é um evento multicultural considerado um dos mais importantes do Estado. A edição deste ano homenageará a poetisa Cora Coralina e tem como patronesse Eliane Godoi, grande apoiadora do evento em Votuporanga e secretária municipal da Educação, Cultura e Turismo no período de criação do festival, em 2011. A organização do FLIV é do Instituto Comuna e Prefeitura, tem o patrocínio da Elektro, através do ProAC-ICMS – Programação de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo, e conta com apoio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa), da Abaçaí Cultura e Arte (OrganizaçãoSocial de Cultura), Poiesis (Organização Social de Cultura); do SESCOOP/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) e SESI-SP (Serviço Social da Indústria).

Acompanhe novidades e mais informações pelo site http://www.flivotuporanga.com.br ou no facebook.com/flivotuporanga. Escritores e demais interessados em apoiar o evento podem entrar emcontato pelo e-mail fliv@flivotuporanga.com.br

26/08/16

Eliane Godoi é escolhida patronesse do FLIV 2016

Gerente da unidade votuporanguense do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e ex-secretária municipal de Educação e Cultura e Turismo, Eliane Baltazar Godoi foi escolhida para a apadrinhar a 6ª edição do Festival Literário de Votuporanga - FLIV 2016, que será realizada entre os dias 21 e 29 de outubro, no recém-inaugurado Parque da Cultura.

Reconhecida por suas iniciativas de apoio à comunidade artística local, bem como por seus esforços em favor de um maior acesso à arte e à cultura pela população do município, Godoi atualmente ocupa o cargo de vice-presidente do Instituto Comuna, organização encarregada da realização do FLIV, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga.

Durante sua gestão na Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Turismo, Eliane foi a responsável pelo início do FLIV. Antes disso, ainda como gerente do Senac, já realizava a Feira de Troca de Livros, uma iniciativa que tinha por objetivo incentivar a circulação de títulos literários entre os moradores da cidade, de forma gratuita. Entre seus lemas sempre esteve: "Vamos fazer de Votuporanga uma cidade de leitores".

Sobre o título de patronesse desta edição do FLIV, Eliane Godoi se disse “muito honrada pelo convite” e também fez questão de ressaltar a relevância do festival para o cenário cultural da cidade: “considero que o FLIV tem uma importância ímpar no desenvolvimento literário e cultural de Votuporanga e região, proporcionando o acesso à leitura e, por consequência, contribuindo para o desenvolvimento humano”.

O prefeito Junior Marão afirmou que ter Eliane como patronesse do FLIV “é uma homenagem mais do que justa por toda sua dedicação ao evento” e também expressou um desejo pessoal de que “o Festival Literário tenha uma vida longa em Votuporanga e que continue a levar o nome de nossa cidade para todo o Brasil”.

De acordo com a coordenadora do evento, Cibeli Moretti, a escolha de homenagear Eliane com o título de patronesse se deu não só por conta de seu perfil de “amante das artes”, que “gosta de ver a cidade pulsando”, mas também devido à sua atuação como gestora: “Ela escreveu uma nova história para a arte e para a cultura na cidade”, afirma Cibeli. “A Eliane abriu diversos caminhos para Votuporanga. Ela se aproximou muito da classe artística e profissionalizou a gestão cultural, numa época em que o Departamento de Cultura ainda pertencia à Secretaria Municipal de Educação”, completa.

Para a Secretária da Cultura e Turismo, Silvia Stipp. “a escolha da Eliane para apadrinhar o evento é uma forma de homenageá-la por ter viabilizado o nascimento do FLIV, e também reconhece seu histórico à frente de importantíssimos trabalhos no município”.

Ainda segundo a coordenadora do festival, ao eleger Godoi como patronesse do FLIV 2016, o evento reafirma seu objetivo de “destacar a importância das mulheres”, já que, neste ano, a personalidade homenageada pelo FLIV será a escritora goiana Cora Coralina (1889-1985), considerada uma das importantes poetisas da literatura brasileira.

Antes de Cora, a única figura feminina a ser homenageada pelo festival foi a artista plástica Tarsila do Amaral (1886-1973), lembrada na edição de 2014 do evento.

O festival

A 6ª edição do Festival Literário de Votuporanga – FLIV 2016 será realizada entre os dias 21 e 29 de outubro, no Parque da Cultura. O evento contará com atrações como shows, contação de histórias, oficinas, intervenções artísticas, espetáculos de teatro e dança, exposição e venda de livros, entre outras atividades. Toda programação tem entrada gratuita.

Neste ano, o FLIV terá início com a apresentação da Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins, no dia 21 de outubro. Os demais shows, atrações e convidados especiais serão divulgados nas próximas semanas.

O Festival Literário de Votuporanga é realizado pelo Instituto Comuna e pela Prefeitura de Votuporanga, com a promoção da TV TEM, afiliada da Rede Globo, e patrocínio da Elektro, por meio do ProAC-ICMS – Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo. O evento também conta com apoio do SESI-SP (Serviço Social da Indústria), do SESCOOP/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) e do Governo do Estado de São Paulo através das Organizações Sociais de Cultura Poiesis, APAA (Associação Paulista dos Amigos da Arte) e da Abaçaí Cultura e Arte. Para acompanhar as novidades sobre o festival e obter mais informações, acesse o site do evento (www.flivotuporanga.com.br) ou visite a página do FLIV no Facebook (www.facebook.com/flivotuporanga).

Escritores e demais interessados em apoiar o evento também podem entrar em contato pelo e-mail fliv@flivotuporanga.com.br.

26/08/16

Cora Coralina será a homenageada do FLIV 2016

O festival será realizado no Parque da Cultura em Votuporanga; espaço foi inaugurado no dia 13 agosto pelo prefeito Junior Marão e o Governador do Estado, Geraldo Alckmin

É tradição, entre os eventos voltados à literatura, a escolha de uma personalidade para ser lembrada com mais atenção e honra. Pela segunda vez o Festival Literário de Votuporanga – FLIV 2016 homenageará uma mulher. Considerada uma das mais importantes escritoras brasileiras, Cora Coralina terá sua vida e obra retratados durante o evento, de 21 a 29 de outubro. Antes dela, a artista plástica, Tarsila do Amaral, havia sido homenageada em 2014. Foram homenageados também os poetas Vinícius ​de Moraes e Manoel de Barros.

O curador do FLIV 2016 será Reynaldo Damazio, reconhecido escritor e fundador do Centro de Apoio ao Escritor da Casa das Rosas​, em São Paulo. Ele destaca a escolha de Cora Coralina para a menção do festival​. “Historicamente, a literatura escrita por mulheres ficou em segundo plano, obscurecida pela exclusão e pelo preconceito. A expressão de talento e criatividade de grandes autoras felizmente prevaleceu, como na linda história da poeta Cora Coralina, homenageada pelo FLIV. O fato de ter estudado apenas nos primeiros anos do ensino fundamental e de só ter estreado na literatura aos 76 anos, não a impediu de deixar uma obra singular e hoje respeitada”, diz.

O escritor reconhece a importância do festival para fomentar o debate que valoriza a arte da escrita. “Inspirada na trajetória e na obra de Cora Coralina, a proposta do FLIV 2016 é promover um amplo diálogo entre as múltiplas vozes da literatura brasileira contemporânea”.

Cora Coralina escreveu contos, poemas, poesias e até mesmo literatura infantil, colaborou para jornais, foi proprietária de estabelecimentos e doceira por mais de 20 anos.

Nasceu na cidade de Goiás, em 1889, e morou no interior de São Paulo durante 45 anos, passando pelas cidades de Jaboticabal, Penápolis e Andradina. Depois retornou a sua terra natal, onde faleceu, em 1985. Damazio conta que ela “tinha orgulho de ser doceira de mão cheia. Recebeu o apoio de jovens escritores para publicar seu primeiro livro e ganhou elogios de Carlos Drummond de Andrade. Foi poeta de palavras cheias e intensas como as águas do rio Vermelho, que corre ao lado da casa onde morou e que hoje abriga o museu com seu nome”. O primeiro livro de Cora foi “Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais”, de 1965, quando tinha 76 anos de idade.

Local

O palco do FLIV 2016 será o Parque da Cultura, inaugurado em 13 de agosto, pelo prefeito Junior Marão e o Governador do Estado, Geraldo Alckmin, ao lado de diversas autoridades e população. O Centro de Cultura e Turismo "Marão Abdo Alfagali", instalado no Parque, será inaugurado durante a programação do FLIV, em outubro.

No período de 21 a 29 de outubro, o público poderá conferir shows, contação de histórias, oficinas, intervenções artísticas, espetáculos de teatro e dança, exposição e venda de livros, entre outras atividades. Serão nove dias de intensa programação com entrada gratuita. A 6ª edição do FLIV terá início com a apresentação da Orquestra Bachiana  Filarmônica Sesi – SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins, no dia 21 de outubro. Outros shows e convidados especiais serão anunciados nas próximas semanas.

A organização do FLIV é do Instituto Comuna e Prefeitura, tem o patrocínio da Elektro, através do ProAC-ICMS – Programação de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo, e conta com apoio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa), da Abaçai Cultura e Arte - Organização Social de Cultura, SESCOOP/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo), SESI-SP e Poiesis (Organização Social de Cultura). Acompanhe novidades e mais informações pelo site http://www.flivotuporanga.com.br ou no facebook.com/flivotuporanga

Escritores e demais interessados em apoiar o evento podem entrar em contato pelo e-mail fliv@flivotuporanga.com.br

20/07/16

FLIV confirma edição para outubro com show de João Carlos Martins

O evento será aberto no dia 21 de outubro com a Orquestra Bachiana  Filarmônica Sesi – SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins

Um dos maiores eventos culturais do interior paulista está sendo preparado para outubro deste ano. Tradicionalmente realizado em agosto pelo aniversário da cidade, o Festival Literário de Votuporanga – FLIV 2016 teve a data alterada para o final de outubro em decorrência do período eleitoral.

De 21 a 29 de outubro, o público poderá conferir shows, contação de histórias, oficinas, intervenções artísticas, espetáculos de teatro e dança, exposição e venda de livros, entre outras atividades. Serão nove dias de intensa programação desenvolvida no Centro de Lazer do Trabalhador “Oscar Botura”. O espaço é aberto a todos sem cobrança de convites ou inscrições.

A 6ª edição do FLIV terá início com a apresentação da Orquestra Bachiana  Filarmônica Sesi – SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins, no dia 21 de outubro. Outros shows e convidados especiais serão anunciados nas próximas semanas.    

O festival votuporanguense é um evento multicultural considerado um dos mais importantes do Estado, segundo afirma a coordenadora do evento, Cibeli Moretti. Em cinco edições, registrou um público de quase 200 mil pessoas. Já passaram pelo FLIV renomados escritores, como Alice Ruiz, Ricardo Aleixo, Ignácio de Loyola Brandão (Patrono em 2012), Maurício Kubrusly, Marcia Tiburi, Ferréz, Mário Prata, Paulo Lins (Patrono em 2014), entre outros.

O foco é incentivar a leitura entre o público infanto juvenil. Dessa forma, escolas e entidades que lidam com crianças e jovens têm uma atenção especial para agendar visitas. “Cerca de 35% do público é formado por leitores em seus primeiros anos de vida”, conta Cibeli.

Para o prefeito Junior Marão “o FLIV é uma semente plantada em 2011 e que trará muitos frutos para as próximas gerações”.

A estudante de Neves Paulista, Larissa Schinelo, de 2016 esteve na edição de 2015 com colegas da escola. “Participar do FLIV é uma grande oportunidade de ter mais acesso à cultura”.

A organização do FLIV é do Instituto Comuna e Prefeitura, tem o patrocínio da Elektro, através do ProAC-ICMS – Programação de Ação Cultural do Governo Estado de São Paulo, e conta com apoio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa), da Abaçai Cultura e Arte - Organização Social de Cultura, SESCOOP/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) e SESI-SP. Acompanhe novidades e mais informações pelo site http://www.flivotuporanga.com.br    ou no facebook.com/flivotuporanga    

 

Escritores e demais interessados em apoiar o evento podem entrar em contato pelo e-mail fliv@flivotuporanga.com.br

Guia

  • Agência Bancária
  • Farmácia/Drogaria
  • Hotéis
  • Imobiliárias
  • Lanchonete
  • Pizzaria
  • Ponto de Táxi
  • Restaurante
  • Serviço Médico
  • Postos de Combustível
  • Transporte
  • Emergência