Novidades

02/05/12

Festival Literário de Votuporanga realiza bicicletada hoje, às 18h30

A segunda edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV), que vai até dia 06 de maio, irá realizar hoje, às 18h30, uma bicicletada. O percurso de três quilômetros começará na praça São Bento e irá até o FLIV.

“Esta iniciativa faz parte das ações do FLIV que têm como foco minimizar os impactos no meio ambiente”, resume Ricardo Zaccarelli Filho, um dos coordenadores do projeto Evento Limpo da Ecologic.
A bicicletada também irá ocorrer no sábado, às 18h30, com o mesmo percurso de hoje.

Outras ações – Os visitantes do FLIV podem conferir também diversas outras ações sustentáveis, como pneus que foram transformados em puffs e restos de madeira que viraram mesa. Há também uma bicicleta que será utilizada pelos visitantes para gerar energia para o Espaço Atol.
Estes iniciativas são uma parceria da Ecologic Projetos e Consultoria Ambiental com o Atol Cultural e Saev Ambiental.

Inventário – A Ecologic Projetos e Consultoria Ambiental irá realizar, durante os próximos cinco dias de FLIV, um inventário de carbono.
“Os visitantes irão responder um questionário, com informações diversas sobre o deslocamento à feira. Na sequência, faremos o inventário de carbono e plantaremos árvores para compensar os impactos ambientais”, acrescenta Zaccarelli Filho.

Palestras e workshops – No Espaço Atol Cultural, haverá também palestras de educação ambiental para crianças (hoje, quinta-feira e sexta-feira, às 14h e às 16h) e também workshop (quinta-feira, às 17h) para o público adulto, com exibição de documentário, informações sobre Evento Limpo e roda de conversa.
Para mais informações, acesse www.flivotuporanga.com.br

02/05/12

Votuporanga registra mais de 10.000 visitantes no primeiro dia

A grande atração foi o show de abertura, com Jair Rodrigues e Luciana Mello



A segunda edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV), que vai até dia 06 de maio, registrou a visita de mais de 10.000 pessoas no primeiro dia (01 de maio). A grande atração foi o show de abertura com Jair Rodrigues e Luciana Mello, que empolgaram o público do começo ao fim.

Os visitantes participaram também, ao longo do dia, de uma roda de conversa sobre “Poesia Concreta” com os escritores Frederico Barbosa, Cláudio Daniel e Élson Froes.

Houve também workshop de investigação corporal com Deraldo Ferreira e contação de história com Marilan Salles. Já no Fórum Internacional de Dança, outra atração do FLIV, apresentaram-se Vincent Harisdo (Togo) e a Catanduva Cia de Dança.

Os visitantes puderam também conhecer, em detalhes, a exposição intitulada “O Livro Concreto”, que apresentará algumas das principais publicações da Poesia Concreta em edições originais

O FLIV terá, ao longo dos próximos cinco dias, oficinas, mesas de debates, encontros com autores, exposição, grupos de danças e shows. Haverá apresentações musicais de Ed Mota e da banda Black Rio, além de bate-papo com os escritores Mario Prata, Ferréz, William Nacked, Ferréz e Marcia Tiburi.

Os visitantes poderão conferir também os espaços Senac, Livraria Premier, Livraria Espaço, Editora Abril, Atol Espaço Cultural, Caravana da Leitura, com o escritor Laé de Souza; Bookcafé Livraria e Café, TV TEM, Loja do FLIV e Loja do Artesanato Local.

Outra ação importante do FLIV é o vale-Livro, que oferecerá, gratuitamente, aos quatro mil alunos do ensino fundamental da rede pública, com idade entre 6 e 14 anos, um vale-livro no valor de R$ 10 para que eles possam comprar livros dentro das livrarias montadas no Festival. As crianças participarão ainda de atividades ligadas à literatura, como sessões de contação de histórias e oficinas.

A organização do FLIV espera que, durante os cinco dias, mais de 30 mil pessoas visitem o evento. A iniciativa tem como parceiros Secretaria de Estado da Cultural, Governo do Estado de São Paulo, Abaçai Organização Social de Cultura, Fundação Itaú Social, Clube de Autores, Unifev, Marão Máquinas Agrícolas, Fiat Camilla, TV TEM (afiliada Rede Globo) e Sescoop-SP

27/04/12

Abertura oficial acontecerá na terça

O FLIV terá, ao longo dos seis dias, oficinas, mesas de debates, encontros com autores, grupos de danças e shows com Jair Rodrigues e Luciana Melo, e Ed Mota e a banda Black Rio.

Tem início na próxima terça-feira, dia 1º de maio, a segunda edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV), que acontecerá até o dia 6 de maio, na Praça Santa Luzia e terá como patrono o escritor Ignácio de Loyola Brandão. “Ser patrono de uma feira é equivale a uma medalha de ouro. A minha relação com Votuporanga vem desde a infância, quando passava férias na cidade. Um festival literário como este é uma semente, sempre jogada na tentativa de fazer leitores”, diz Loyola Brandão.

O FLIV terá, ao longo dos seis dias, oficinas, mesas de debates, encontros com autores, grupos de danças e shows com Jair Rodrigues e Luciana Melo, no dia 1º, e Ed Mota e a banda Black Rio no dia 4, além de bate-papo com os escritores e de uma exposição sobre poesia concreta sob curadoria do poeta e especialista no assunto, Frederico Barbosa.

O Festival contará com três livrarias (Livraria Premier, Livraria Espaço, Editora Abril), o Bookcafé Livraria e Café, TV TEM (afiliada Rede Globo), Caravana da Leitura, com o escritor Laé de Souza, Loja do FLIV e do Artesanato local e os Espaços de Dança, Atol Cultural e Senac. Haverá também sarau literário e oficinas de dança, modelagem, escultura com papel, pipa e tai chi chuan. No total, os expositores do FLIV irão comercializar 20 mil títulos, dos mais variados gêneros, como romances, contos e poesia.

A organização do FLIV espera que, durante os seis dias, mais de 30 mil pessoas visitem o evento. O Festival tem como parceiros: a Secretaria de Estado da Cultural, Governo do Estado de São Paulo, Abaçai Organização Social de Cultura, Fundação Itaú Social, Clube de Autores, Unifev, Marão Máquinas Agrícolas, Posto Gramadão, Transrápido São Francisco e Fiat Camilla.


Fórum Internacional de Dança
Outra atração do FLIV será o Fórum Internacional de Dança, que terá a participação de grupos dos Estados Unidos, Togo, Bolívia, França e Argentina. A abertura oficial do Fórum acontece no domingo, às 20h, no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”.

Vale-livro
Outra ação importante do FLIV é o vale-livro, que oferecerá, gratuitamente, aos quatro mil alunos do ensino fundamental da Rede Municipal de Ensino, com idade entre 6 e 14 anos, um vale-livro no valor de R$ 10 para que eles possam comprar livros dentro das livrarias montadas no Festival. As crianças participarão ainda de atividades ligadas à literatura, como sessões de contação de histórias e oficinas.

Para mais informações, acesse o site do Fliv.

27/04/12

Festival Literário contará com a presença de 15 autores

No Espaço Prosa os autores abordarão diversos assuntos, dando espaço para o público participar com perguntas



A segunda edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV) ocorre de 1º a 6 de maio, com uma programação bem diversificada. O FLIV terá, ao longo dos seis dias, oficinas, mesas de debates, encontros com autores, exposição, grupos de danças e shows. O Espaço Prosa contará com a participação de Frederico Barbosa, Claudio Daniel, Élson Froes, Mario Prata, Ferrez, Marcia Tiburi, João Paulo Cuenca e William Nacked, que abordarão diversos assuntos, dando espaço para o público participar com perguntas, além de contar sobre suas experiências com a escrita e mundo literário.



Outra novidade é que no sábado, dia 5, acontecerá no espaço Atol Cultural, uma roda de conversa com um grupo de escritores que publicaram juntos a coletânea de contos “A Medida de Todas as Coisas”. São eles: Adriana Calabró Orabona, Angela Senra, Daniele Gomes Tavares, Danita Cotrim, Patricia Cardozo, Nina Maniçoba Ferraz, e Sandro Pereira Tangirino.



Conheça o perfil de cada autor:



Terça-feira, 1 de maio

17h30 | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa sobre Poesia Concreta

Autores: Frederico Barbosa, Claudio Daniel e Élson Froes

Tema: A poesia concreta e seus desdobramentos


Nesta roda de conversa, os poetas Claudio Daniel e Elson Fróes, mediados pelo também poeta Frederico Barbosa, abordam a importância da Poesia Concreta para a literatura brasileira, desde seu surgimento, na década de 1950, até seus desdobramentos na poesia digital, no neobarroco e nas experimentações poéticas de hoje.
Frederico Barbosa é poeta, crítico literário, professor de literatura e diretor da Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura. Autor, entre outros, Rarefato, seu primeiro livro.
Claudio Daniel é curador de poesia e literatura do Centro Cultural São Paulo, é doutorando em Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo. Publicou os livros Figuras Metálicas e Fera Bifronte, entre outros.
Elson Fróes é formado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica, publicou pela coleção Caixa Preta o livro Poemas Diversos. Em 2011, foi curador da mostra Videopoéticas, no Centro Cultural São Paulo.



Quarta-feira, 2 de maio

19h30 | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa com o escritor Mario Prata

Tema: Literatura Policial, riso e mistério
Escritor de todos os gêneros literários, Mario Prata fala sobre seu mais recente romance “Sete de paus” e os caminhos da literatura policial. Mario Prata ficou conhecido na cena literária brasileira depois de se manter por anos a fio na lista dos livros mais vendidos com seu bem-humorado “Diário de um magro”. Além de seus romances, Prata escreve também para teatro, cinema e televisão.



Quinta-feira, 3 de maio

19h30 | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa: Ferréz

Tema: É nóis no comando da literatura marginal


Qual o papel da periferia no cenário literário nacional? O que podemos chamar de periferia? Foi com o livro “Capão pecado” que Ferrez colocou a literatura marginal no centro das discussões mais urgentes em torno à cultura brasileira. Um autor sempre em diálogo com o público, Ferrez é também autor de “Manual prático do ódio”, já traduzido na Itália, Espanha e França. Após a peripécia de transformar a literatura da periferia em um verdadeiro best-seller, Ferrez passou a ser figura de destaque no país. Teve contos adaptados para o cinema e para os quadrinhos. É o Ferrez no comando da literatura marginal.



Sexta-feira, 4 de maio

19h30 | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa com Marcia Tiburi

Tema: Literatura e pensamento


Desde sua aparição no programa Saia Justa, da GNT, Marcia Tiburi tem chegado ao grande público através de seus romances e de seus livros de filosofia, feito raro para o Brasil. Autora de livros como “Filosofia Pop – Poder e Biopoder” e “Filosofia em comum”, ela acredita que o pensamento não deve ficar restrito à academia. “Aprendemos a pensar desde que atentos ao que nos empolga, ao que chama nossa atenção, ao que nos alegra ou entristece. A tarefa filosófica mais radical em nossos dias é a de abrir novas janelas que permitam olhar para o que se oculta mesmo quando debaixo de nossos olhos”, afirma.



Sábado, 5 de maio

10h | Espaço Atol Cultural

Tema: B_eco: descaminhos da Literatura


Um grupo de escritores vivendo a ousadia do encontro. Eles vão falar sobre seus caminhos literários, a troca de experiência e as várias formas que encontraram de vivenciar a escrita. Em 2011, eles publicaram juntos a coletânea de contos “A Medida de Todas as Coisas” (Editora RDG)



Adriana Calabró Orabona é dramaturga e jornalista. Lançou quatro livros, um deles premiado com a Bolsa de Criação Literária da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. É autora das montagens teatrais “Trilogia do Fim” e “Autobiópsia”. Edita o site cultural Garapa Paulista e ministra oficinas de escrita.



Angela Senra é jornalista, nascida em Votuporanga e radicada em São Paulo. Editora-chefe do site cultural Garapa Paulista – www.garapapaulista.com.br – colabora com as revistas das editoras Abril e Globo, e com o Uol.



Daniele Gomes Tavares é formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Paraná. Nascida em Curitiba, escreve contos e microcontos.



Danita Cotrim é comunicadora e executiva com pós-graduação em marketing, tecnologia e literatura. Mantém há dois anos o blog de microcontos e haikais pingodeprosa.com. Publicou antologia de haikais.



Patricia Cardozo, paulistana, é jornalista, pós-graduada em propaganda e autora dos livros infantis “Jucaré e a Turma da Lagoa do Croá” (Geração Editorial), “Silva X Silva” e “Elefante no Aquário”, ambos da Editora Moderna.



Nina Maniçoba Ferraz é médica pela Universidade Federal de Pernambuco e faz especialização em literatura pela PUC-São Paulo. Publicou seu primeiro livro, “Autoplastia”, aos 19 anos. Participa semanalmente de programa de debates na Rádio Capital AM e mantém o seu blog.



Sandro Pereira Tangirino, paulistano, 42 anos, é advogado das boas causas e escritor.



Sábado, 5 de maio

19h | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa com João Paulo Cuenca


Tema: A literatura na aldeia global


Escritor múltiplo, colunista do jornal O Globo e da revista TPM, João Paulo Cuenca tem sido visto como uma das grandes revelações da literatura brasileira contemporânea. O autor de “O dia Mastroiani” é um escritor interessado no mundo. Mantém diálogos literários dentro e fora do Brasil, com livros publicados na Itália e em Portugal. Cuenca é um dos criadores do seriado global “Afinal, o que querem as mulheres“.



Domingo, 6 de maio

16h | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa com William Nacked


Tema: Brasil, uma nação leitora?


As garantias de uma democracia, da preservação da cultura nacional, econômica e sócio/esportiva, dependem de uma Nação Leitora. Oportunidades e ameaças para tornar o Brasil
uma Nação Leitora. A palestra abordará ainda, as diferenças regionais e setoriais quanto aos estágios de cada um nos dias de hoje. William Nacked é diretor geral do Instituto Brasil Leitor, organização através da qual criou o projeto “Embarque na Leitura”, colocando bibliotecas com acesso gratuito para usuários do metrô de São Paulo, Rio de Janeiro e Recife. O IBL também montou bibliotecas para funcionários da Usiminas Cosipa e Rio Negro.

27/04/12

Fórum Internacional de Dança 2012: abertura será neste domingo

O espetáculo é formado por três coreografias que tratam, de alguma forma, do universo feminino: a força de criação da mulher, situações da vida cotidiana e as escolhas diante da vida


Tem início neste domingo, dia 29 de abril, às 20h, no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”, mais uma edição do Fórum Internacional de Dança (FID), com o espetáculo “Under The Carpet, out of second Choice e High Expectations, da companhia Dafi Altabeb, de Israel. O evento é gratuito.


O espetáculo é formado por três coreografias que tratam, de alguma forma, do universo feminino: a força de criação da mulher, situações da vida cotidiana, e as escolhas diante da vida. Em High Expectations, duas mulheres, em movimentos virtuosísticos, alcançam uma homogeneidade só interrompida pela palavra. A relação que se estabelece através da dança é levada a um nível de intimidade que só a força da criação possibilita. Já em Under the Carpet, quatro mulheres expõem situações não verbais da vida dentro de variados apartamentos, instigando a curiosidade de saber o que acontece neles quando os vemos de fora com as luzes ligadas. Por fim, em Out of 2nd Choice, uma mulher se vê diante de possibilidades de escolha.



As apresentações do Fórum Internacional de Dança acontecerão até o próximo
sábado, dia 5 de abril. Na segunda, a apresentação acontecerá no CSU, às 20h30, e a Escola de Dança Almagêmea com o “14º Espetáculo de Dança - Lerê-Lerê”. No feriado do trabalhador, dia 1º de maio, às 19 horas, a Cia Vincent Harisdo, de Togo/África, apresentará “Chango El Gran Puta”, no Espaço de Dança do FLIV 2012, na Praça Santa Luzia. (confira programação completa abaixo)


O Centro de Convenções fica na Av. dos Bancários, 3299 – Vale do Sol. Informações através do telefone (17) 3405 9750.


Histórico


O FID nasceu em 1996, sob a denominação de Festival Internacional de Dança. Desde sua primeira edição, tem como compromisso trabalhar pela difusão, reflexão e formação de novos públicos e criadores no campo da dança contemporânea.


Em 2001, como consequência do amadurecimento do projeto, alterou a sua denominação de festival para fórum e suas atividades passaram a ser realizadas de forma extensiva ao longo do ano. O FID transformou-se numa iniciativa de continuidade capaz de mobilizar e alavancar uma série de profissionais, públicos e esforços. Sua principal motivação é a disseminação e os debates relacionados ao universo da dança e do corpo, e suas mais variadas conexões, com caráter multidisciplinar, o que é relevância no projeto.


Desde seu início, de maneira articulada e permanente, o FID promoveu circulação, distribuição, fomento, exposições, espetáculos, lançamento de livros, publicação e edição de livros, debates, workshops, programa de bolsas, mostras, laboratórios, palestras, inclusão social, reflexão sociocultural, com a presença dos mais renomados diretores e bailarinos, além de criar um espaço privilegiado de pensamento e de intercâmbio de ideias e repertórios.


O FID vem sendo um dos mais importantes programas de fomento à dança no Brasil. Trata-se de um projeto ímpar e singular por sua ação e seu perfil dinâmico, transversal e adaptativo (respondendo eficientemente às demandas da comunidade artística). Por esses motivos, o FID se firmou como essencial e indispensável para o desenvolvimento e manutenção da qualidade da dança e da cultura em Minas e no Brasil. É importante ressaltar um de seus desdobramentos mais ousado e significativo, o Território Minas, catalisador da produção emergente no estado, que divulga e dá suporte a grupos e artistas mineiros.



PROGRAMAÇÃO
Festival Internacional de Dança 2012


29 de abril
20h – Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”
UNDER THE CARPET, OUT OF SECOND CHOICE e HIGH EXPECTATIONS - da Cia Dafi Altabeb
Israel


30 de abril
20h30 – CSU
14º Espetáculo de Dança - Lerê-Lerê, da Escola de Dança Almagêmea


1 de maio
19h – Espaço Dança Santa Luzia / FLIV 2012
CHANGO EL GRAN PUTA, da Cia Vincent Harisdo
Togo/África


19h20 – Espaço Dança Santa Luzia / FLIV 2012
VITESSE – Catanduva Cia de Dança
Catanduva/São Paulo


19h40 – Espaço Dança Santa Luzia / FLIV 2012
AGUAYOS – da Cia Atempo Danza
Bolívia


2 de maio
20h30 – Espaço Dança Santa Luzia / FLIV 2012
FOR WANT - Bill Young, da Cia Colleen Thomas & Dancers
Estados Unidos



3 de maio
20h30 – Espaço Dança Santa Luzia / FLIV 2012
DESASTRADOS - Cie Ladainha + Virtual Companhia de Dança
França e Brasil


4 de maio
20h30 – Espaço Dança Santa Luzia / FLIV 2012
RAIZES - Cia Juan José Suarez
Mendoza - Argentina


5 de maio
15h – Espaço Dança Santa Luzia / FLIV 2012
VENDE-SE UM PAR DE ASAS... da KD Cia de Dança
Potirendaba/SP

27/04/12

Abertura oficial acontecerá na terça

O FLIV terá, ao longo dos seis dias, oficinas, mesas de debates, encontros com autores, grupos de danças e shows com Jair Rodrigues e Luciana Melo, e Ed Mota e a banda Black Rio.

Tem início na próxima terça-feira, dia 1º de maio, a segunda edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV), que acontecerá até o dia 6 de maio, na Praça Santa Luzia e terá como patrono o escritor Ignácio de Loyola Brandão. “Ser patrono de uma feira é equivale a uma medalha de ouro. A minha relação com Votuporanga vem desde a infância, quando passava férias na cidade. Um festival literário como este é uma semente, sempre jogada na tentativa de fazer leitores”, diz Loyola Brandão.

O FLIV terá, ao longo dos seis dias, oficinas, mesas de debates, encontros com autores, grupos de danças e shows com Jair Rodrigues e Luciana Melo, no dia 1º, e Ed Mota e a banda Black Rio no dia 4, além de bate-papo com os escritores e de uma exposição sobre poesia concreta sob curadoria do poeta e especialista no assunto, Frederico Barbosa.

O Festival contará com três livrarias (Livraria Premier, Livraria Espaço, Editora Abril), o Bookcafé Livraria e Café, TV TEM (afiliada Rede Globo), Caravana da Leitura, com o escritor Laé de Souza, Loja do FLIV e do Artesanato local e os Espaços de Dança, Atol Cultural e Senac. Haverá também sarau literário e oficinas de dança, modelagem, escultura com papel, pipa e tai chi chuan. No total, os expositores do FLIV irão comercializar 20 mil títulos, dos mais variados gêneros, como romances, contos e poesia.

A organização do FLIV espera que, durante os seis dias, mais de 30 mil pessoas visitem o evento. O Festival tem como parceiros: a Secretaria de Estado da Cultural, Governo do Estado de São Paulo, Abaçai Organização Social de Cultura, Fundação Itaú Social, Clube de Autores, Unifev, Marão Máquinas Agrícolas, Posto Gramadão, Transrápido São Francisco e Fiat Camilla.


Fórum Internacional de Dança
Outra atração do FLIV será o Fórum Internacional de Dança, que terá a participação de grupos dos Estados Unidos, Togo, Bolívia, França e Argentina. A abertura oficial do Fórum acontece no domingo, às 20h, no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”.

Vale-livro
Outra ação importante do FLIV é o vale-livro, que oferecerá, gratuitamente, aos quatro mil alunos do ensino fundamental da Rede Municipal de Ensino, com idade entre 6 e 14 anos, um vale-livro no valor de R$ 10 para que eles possam comprar livros dentro das livrarias montadas no Festival. As crianças participarão ainda de atividades ligadas à literatura, como sessões de contação de histórias e oficinas.

Para mais informações, acesse o site do Fliv.

27/04/12

Festival Literário contará com a presença de 15 autores

No Espaço Prosa os autores abordarão diversos assuntos, dando espaço para o público participar com perguntas



A segunda edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV) ocorre de 1º a 6 de maio, com uma programação bem diversificada. O FLIV terá, ao longo dos seis dias, oficinas, mesas de debates, encontros com autores, exposição, grupos de danças e shows. O Espaço Prosa contará com a participação de Frederico Barbosa, Claudio Daniel, Élson Froes, Mario Prata, Ferrez, Marcia Tiburi, João Paulo Cuenca e William Nacked, que abordarão diversos assuntos, dando espaço para o público participar com perguntas, além de contar sobre suas experiências com a escrita e mundo literário.



Outra novidade é que no sábado, dia 5, acontecerá no espaço Atol Cultural, uma roda de conversa com um grupo de escritores que publicaram juntos a coletânea de contos “A Medida de Todas as Coisas”. São eles: Adriana Calabró Orabona, Angela Senra, Daniele Gomes Tavares, Danita Cotrim, Patricia Cardozo, Nina Maniçoba Ferraz, e Sandro Pereira Tangirino.



Conheça o perfil de cada autor:



Terça-feira, 1 de maio

17h30 | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa sobre Poesia Concreta

Autores: Frederico Barbosa, Claudio Daniel e Élson Froes

Tema: A poesia concreta e seus desdobramentos


Nesta roda de conversa, os poetas Claudio Daniel e Elson Fróes, mediados pelo também poeta Frederico Barbosa, abordam a importância da Poesia Concreta para a literatura brasileira, desde seu surgimento, na década de 1950, até seus desdobramentos na poesia digital, no neobarroco e nas experimentações poéticas de hoje.
Frederico Barbosa é poeta, crítico literário, professor de literatura e diretor da Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura. Autor, entre outros, Rarefato, seu primeiro livro.
Claudio Daniel é curador de poesia e literatura do Centro Cultural São Paulo, é doutorando em Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo. Publicou os livros Figuras Metálicas e Fera Bifronte, entre outros.
Elson Fróes é formado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica, publicou pela coleção Caixa Preta o livro Poemas Diversos. Em 2011, foi curador da mostra Videopoéticas, no Centro Cultural São Paulo.



Quarta-feira, 2 de maio

19h30 | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa com o escritor Mario Prata

Tema: Literatura Policial, riso e mistério
Escritor de todos os gêneros literários, Mario Prata fala sobre seu mais recente romance “Sete de paus” e os caminhos da literatura policial. Mario Prata ficou conhecido na cena literária brasileira depois de se manter por anos a fio na lista dos livros mais vendidos com seu bem-humorado “Diário de um magro”. Além de seus romances, Prata escreve também para teatro, cinema e televisão.



Quinta-feira, 3 de maio

19h30 | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa: Ferréz

Tema: É nóis no comando da literatura marginal


Qual o papel da periferia no cenário literário nacional? O que podemos chamar de periferia? Foi com o livro “Capão pecado” que Ferrez colocou a literatura marginal no centro das discussões mais urgentes em torno à cultura brasileira. Um autor sempre em diálogo com o público, Ferrez é também autor de “Manual prático do ódio”, já traduzido na Itália, Espanha e França. Após a peripécia de transformar a literatura da periferia em um verdadeiro best-seller, Ferrez passou a ser figura de destaque no país. Teve contos adaptados para o cinema e para os quadrinhos. É o Ferrez no comando da literatura marginal.



Sexta-feira, 4 de maio

19h30 | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa com Marcia Tiburi

Tema: Literatura e pensamento


Desde sua aparição no programa Saia Justa, da GNT, Marcia Tiburi tem chegado ao grande público através de seus romances e de seus livros de filosofia, feito raro para o Brasil. Autora de livros como “Filosofia Pop – Poder e Biopoder” e “Filosofia em comum”, ela acredita que o pensamento não deve ficar restrito à academia. “Aprendemos a pensar desde que atentos ao que nos empolga, ao que chama nossa atenção, ao que nos alegra ou entristece. A tarefa filosófica mais radical em nossos dias é a de abrir novas janelas que permitam olhar para o que se oculta mesmo quando debaixo de nossos olhos”, afirma.



Sábado, 5 de maio

10h | Espaço Atol Cultural

Tema: B_eco: descaminhos da Literatura


Um grupo de escritores vivendo a ousadia do encontro. Eles vão falar sobre seus caminhos literários, a troca de experiência e as várias formas que encontraram de vivenciar a escrita. Em 2011, eles publicaram juntos a coletânea de contos “A Medida de Todas as Coisas” (Editora RDG)



Adriana Calabró Orabona é dramaturga e jornalista. Lançou quatro livros, um deles premiado com a Bolsa de Criação Literária da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. É autora das montagens teatrais “Trilogia do Fim” e “Autobiópsia”. Edita o site cultural Garapa Paulista e ministra oficinas de escrita.



Angela Senra é jornalista, nascida em Votuporanga e radicada em São Paulo. Editora-chefe do site cultural Garapa Paulista – www.garapapaulista.com.br – colabora com as revistas das editoras Abril e Globo, e com o Uol.



Daniele Gomes Tavares é formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Paraná. Nascida em Curitiba, escreve contos e microcontos.



Danita Cotrim é comunicadora e executiva com pós-graduação em marketing, tecnologia e literatura. Mantém há dois anos o blog de microcontos e haikais pingodeprosa.com. Publicou antologia de haikais.



Patricia Cardozo, paulistana, é jornalista, pós-graduada em propaganda e autora dos livros infantis “Jucaré e a Turma da Lagoa do Croá” (Geração Editorial), “Silva X Silva” e “Elefante no Aquário”, ambos da Editora Moderna.



Nina Maniçoba Ferraz é médica pela Universidade Federal de Pernambuco e faz especialização em literatura pela PUC-São Paulo. Publicou seu primeiro livro, “Autoplastia”, aos 19 anos. Participa semanalmente de programa de debates na Rádio Capital AM e mantém o seu blog.



Sandro Pereira Tangirino, paulistano, 42 anos, é advogado das boas causas e escritor.



Sábado, 5 de maio

19h | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa com João Paulo Cuenca


Tema: A literatura na aldeia global


Escritor múltiplo, colunista do jornal O Globo e da revista TPM, João Paulo Cuenca tem sido visto como uma das grandes revelações da literatura brasileira contemporânea. O autor de “O dia Mastroiani” é um escritor interessado no mundo. Mantém diálogos literários dentro e fora do Brasil, com livros publicados na Itália e em Portugal. Cuenca é um dos criadores do seriado global “Afinal, o que querem as mulheres“.



Domingo, 6 de maio

16h | Espaço Prosa | Salão de Eventos

Roda de Conversa com William Nacked


Tema: Brasil, uma nação leitora?


As garantias de uma democracia, da preservação da cultura nacional, econômica e sócio/esportiva, dependem de uma Nação Leitora. Oportunidades e ameaças para tornar o Brasil
uma Nação Leitora. A palestra abordará ainda, as diferenças regionais e setoriais quanto aos estágios de cada um nos dias de hoje. William Nacked é diretor geral do Instituto Brasil Leitor, organização através da qual criou o projeto “Embarque na Leitura”, colocando bibliotecas com acesso gratuito para usuários do metrô de São Paulo, Rio de Janeiro e Recife. O IBL também montou bibliotecas para funcionários da Usiminas Cosipa e Rio Negro.

26/04/12

Alunos da Rede Municipal de Votuporanga receberão vale-livro

Os 3.605 alunos dos CEM’s (Centros de Educação Municipal) de Votuporanga, com idade entre 6 e 14 anos, receberão gratuitamente um vale-livro no valor de R$ 10 para adquirirem livros durante a segunda edição do FLIV (Festival Literário de Votuporanga) que tem início na próxima terça-feira, dia 1º de maio, na Praça Santa Luzia. O vale-livro é uma iniciativa da Secretaria da Educação, Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga.

Este ano, o valor vale-livro será dividido em dois, sendo R$ 8 para os alunos comprarem livros em uma das livrarias montadas no Festival e R$ 2 para aquisição de títulos da Caravana da Leitura, do escritor Laé de Souza, que trará livros a preços populares para serem comercializados na ocasião.


Segundo a secretária da Educação, Cultura e Turismo de Votuporanga, Eliane Baltazar Godoi, o vale-livro é uma das iniciativas mais interessantes do FLIV para estimular a leitura entre os estudantes da rede municipal de ensino.


O FLIV 2012 acontecerá de 1º a 6 de maio, na Praça Santa Luzia, das 9 às 22 horas, com diversas atrações, desde rodas de conversa com autores renomados, a espetáculos de danças com companhias internacionais e shows com Jair Rodrigues e Luciana Melo e banda Black Rio e Ed Motta.

26/04/12

FLIV terá bike que gera energia e o Saevinho

Uma bateria ligada à bicicleta armazenará a energia produzida através das pedaladas; espaço do Saevinho terá atividades para crianças


Além do incentivo à leitura, a edição 2012 do Festival Literário de Votuporanga (FLIV) também contribuirá para divulgar ações de preservação do meio ambiente. Em parceria com a Saev Ambiental, estarão no evento a bicicleta geradora de energia e as atividades lúdicas do mascote Saevinho. O FLIV acontece de 1º a 6 de maio, na Praça Santa Luzia, Centro.


A bicicleta estará no espaço do Atol Cultural à disposição para uso dos visitantes. Uma bateria armazenará a energia produzida através das pedaladas.


Saevinho

As ações do Saevinho ficarão dentro do espaço Letradinhos, a partir da quarta-feira até sábado, destinado ao público infantil. O pedagogo, Leandro Ferreira, conta que “o grande destaque deste ano é a distribuição de marcadores de livros e de uma ficha, onde as crianças poderão sugerir piadas e charadas. Selecionaremos as melhores para publicação no Jornalzinho do Saevinho, distribuído com a conta de água da Saev Ambiental”.


As crianças também poderão sugerir desenhos sobre a importância da leitura. Os melhores aparecerão no programa Clube do Saevinho, da TV Unifev (UHF 55) e os vencedores receberão livros.


No dia 5, sábado, o mascote percorrerá a feira para tirar fotos com visitantes e gravar o programa especial do Clube do Saevinho. Apresentado pelo professor Leandro Ferreira e pela aluna do 5º Período do curso de Comunicação Social da Unifev, Lorena Segala, terá curiosidades e informações do evento. “O Clube do Saevinho sempre foi um grande incentivador da leitura. Temos o quadro Dica de Leitura, que indica semanalmente um livro da Biblioteca Escolar Central “Castro Alves”.


“Vamos fazer dois programas: um sobre o que está acontecendo no FLIV (exibido na semana que vem) e outro, na última semana do mês, apresentando o que de melhor aconteceu”, explica Ferreira.


O programa Clube do Saevinho é exibido pela TV Unifev (UHF 55) nos seguintes horários: terça-feira, às 13h; quarta-feira, às 17h30 e sábado às 12h30.

26/04/12

Cancelamento de Ruth Rocha

A organização do Festival Literário de Votuporanga (FLIV) informa que a
escritora Ruth Rocha não fará mais parte da programação do Festival. Para
mais informações sobre o FLIV, mais notícias aqui no nosso site.

Guia

  • Agência Bancária
  • Farmácia/Drogaria
  • Hotéis
  • Imobiliárias
  • Lanchonete
  • Pizzaria
  • Ponto de Táxi
  • Restaurante
  • Serviço Médico
  • Postos de Combustível
  • Transporte
  • Emergência